sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Fim de férias

(Alerta: conversa de vovó).


As férias da Isadora estão terminando, e preciso encerrar esse capítulo também no blog.
Nas últimas férias escolares, as do mês de julho, ela havia me dito:
- Vovó, nas próximas férias vou ficar com você todo tempo.
Falou e cumpriu.
Assim que terminaram suas aulas, ainda em dezembro, ela veio com sua bagagem para Santos. E aqui ficou. Recebeu muitas vezes a visita de sua mamãe, mas não falou em voltar para São Paulo.
Agora, no final, está querendo passar seus três últimos dias de férias na sua casa, e para lá iremos hoje.
E é incrível como todo esse tempo passou rápido. Não conseguimos fazer tudo que pretendíamos, mas foi muito gostoso.
Tomamos bons banhos de mar, tomamos muito sorvete …
Aproveitamos muito a beleza da praia e os lindos crepúsculos.


O iPad da vovó quase gastou, de tanto uso.
O trailer da Barbie permitiu muitas brincadeiras.


Com a Priscila, a Isadora deu boas circuladas pela ciclovia. A vovó até teve vontade, mas o medo de um tombo falou mais alto.


E os dias passados no Hotel Fazenda proporcionaram coisas diferentes, como pequenas aventuras a cavalo.




Na hora das refeições no hotel, a netinha, que é muito expressiva, aproveitava para fazer "caras e bocas".









Na piscina, muita diversão. A Isadora "plantou várias bananeiras" e mergulhou passando pelas pernas da vovó. 



Coisa boa essas férias escolares.
Agora, é esperar pelas próximas.




(Fotos do pôr do sol em Santos, com o muro de arcos, e da ciclovia, retiradas da web. Não havia referência ao autor).


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Férias verdes




Fugindo do calorzão que tem feito em Santos, e para aproveitar os últimos dias de férias da Isadora, viemos passar uns dias no campo.



Também encontramos calor, muito calor. Mas só ao ar livre, e nas horas de sol.
Dentro de casa, e à noite, uma temperatura gostosa.
O lugar é lindo. Uma antiga fazenda de café, que preservou as áreas de vegetação nativa, e que foi transformada em hotel. Ambientes gostosos, amplos. Paisagens maravilhosas. Muito verde, muita placidez.









A piscina fica num local privilegiado, rodeada de vegetação. Árvores frondosas garantem sombra em algumas das suas partes, em horas diferentes do dia.







Eu, que fujo do sol exagerado, consegui passar boas horas na piscina na parte da manhã, escolhendo o lado sombreado.





Optando por mesa nos terraços, sempre tínhamos uma linda paisagem à frente, na hora das refeições.





Muita calma, muita gostosura. As atividades da Isadora, ficam para o próximo post.



segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Confusão





Confesso que me senti perturbada. E o incômodo foi tão profundo que chegou a ser fisico.
Lendo os jornais do dia, vejo a seguinte manchete:
Ao lado da manchete, uma foto, em tamanho grande, retratando um casal. O homem, barbado e com barriga de gravidez de oito meses, e a mulher, devidamente maquiada, de mão dada com o marido.
Avancei um pouco na leitura e soube que se trata de um casal transexual. O homem nasceu mulher, e a mulher nasceu homem. 
Diante do sonho da paternidade/maternidade, resolveram ter um filho. E, assim, deram vida à menina Gênesis Evangelina.
Não consegui ler a matéria até o fim.

(Imagem ilustrativa encontrada na web. Matéria na Folha de São Paulo de 20/01/2014).


sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Compromisso com a verdade




É impressionante o poder da mídia.
Forma e deforma as cabeças.
E, com o avanço da tecnologia e da comunicação, cada vez mais.
São milhões de mensagens, muitas carregadas de inverdades e de fatos não comprovados, e que lançadas nos canais de comunicação atingem um número cada vez maior de pessoas.
Alguns dos atingidos, levantam dúvidas. Será isso verdade? Como esses comunicadores chegaram a esses fatos? Foram comprovados?
Outros, muitos dos quais formados sob a influência quase que total de uma comunicação viciada, aceitam tudo com passividade e sem questionamentos.
E entram na corrente da divulgação. Com a ajuda das redes sociais, passam as mensagens para a frente, como se  aquele conteúdo distorcido, e muitas vezes falso, fosse uma verdade absoluta. Não têm qualquer preocupação em pesquisar a veracidade dos fatos.
É uma situação complicada.
Em que podemos acreditar?
Em quem podemos acreditar?
Dá para esperar que a mídia tenha, efetivamente, compromisso com a verdade?


sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Engatando a marcha





No início de 2013, um tombo, enquanto caminhava nos jardins da praia, causou problemas no meu tornozelo direito. Precisei imobilizar o pé e fazer um repouso relativo.
Agora, iniciando 2014, peguei uma virose (?) que quase me desidrata e que me causou muito desconforto. 
Nem bem saí dessa virose, e fui surpreendida por uma crise exagerada de labirintite. Nunca havia sentido algo igual. Não foi uma simples tontura ou vertigem. Mas uma sensação absurda de que estava sendo sorvida por um vórtice.
Impossibilidade total de ficar em pé, ou de sentar. 
Única posição: deitada, de costas ou virada para o lado esquerdo. Se virasse para o direito, a sensação de absoluta vertigem voltava com tudo.
Ainda bem que isso aconteceu num dia em que não estava sozinha em casa e contei com toda a atenção do Berto e da Pri. Logo providenciaram medicação e tudo está melhorando.
Depois disso o Berto disse que janeiro começou meio atrapalhado.
Lembrei-o que no último ano também tinha sido assim.
E comentei que o que parece acontecer é que no início do ano eu dou uma rateada, até engrenar.
Mas, depois de engatada, sigo bem pelo ano afora. 
Rimos muito.  

    

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Luzes do novo ano



"Adeus ano velho, feliz ano novo
Que tudo se realize, no ano que vem aí …"
E assim nos despedimos de 2013, agradecendo a Deus por todas as bênçãos recebidas, e iniciamos o novo ano com a esperança renovada.
Muito amor, muita saúde, muita paz e sempre alegria.






Reunião em família e, no romper de 2014, queima de fogos na praia.







O espetáculo, com 18 minutos de duração, foi lindíssimo. Muitas luzes, muita vibração.
Que se espalhem por todo o ano.

(Fotos da queima de fogos retiradas da página da Prefeitura de Santos).