quinta-feira, 19 de junho de 2014

De tampas e batatas





Já falei para o Berto, meu marido, que se algum dia, para saciar minha sede, eu tiver que abrir uma garrafa com água, provavelmente morrerei de sede.
De verdade, não consigo, mesmo abrir garrafas. Podem ser das pequenas ou das grandes. Aperto  com firmeza, giro com vontade, e nada.
Talvez tenha alguma coisa a ver com idade. Preciso treinar mais a musculação.
Outro dia, resolvi fazer um bolo de batata doce. Não tinha a receita, o que me levou a uma pesquisa. Depois de ler cinco, ou seis, montei minha receita, que levaria leite de coco.
Lá fui eu pegar a garrafinha. Tinha três. Em todas elas, a inscrição: “com tampa abre fácil”.
Fiquei tranquila.
Mas, por pouco tempo.
Peguei com força, virei a tampa com ajuda de um pano, e nada.
Com ajuda de uma faca, serrilhei em torno da tampa. Nada.
O bolo saiu, mas sem o leite de coco, que continuou devidamente armazenado no seu frasco "abre fácil”.
E para registrar, o bolo foi feito assim:

Bolo de Batata Doce


3 ovos
1/2 xícara de óleo
2 batatas doces cozidas e amassadas ( aproximadamente 370 gramas, ou 2 xícaras)
1 copo de leite
1 xícara de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó 1/2 colher (chá) de baunilha

Bater no liquidificador os ovos com o óleo, massa da batata e leite. Colocar numa tigela e misturar ao açúcar, baunilha e farinha misturada ao fermento.
Levar para assar.

O bolo fica cremoso e com um bom sabor da batata doce.


 Pretendo repeti-lo substituindo o óleo por manteiga, e usando batedeira.
E, se tiver sorte e com ajuda de outra mão, vou colocar leite de coco, no lugar do leite.




3 comentários:

  1. Esse bolo fica mesmo bom. Apetitoso , convidativo! Mas as tampas, eu com minhas mãos com os ossos todos podres, passo trabalho e se Kiko não está em casa serro, corto até com chave de fenda faço furos e o líquido sai. Sou teimosa como uma mula,rsss.. beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi, Helô,

    Eu não tenho problemas com as tampas, mas algumas, principalmente de garrafas de óleo de cozinha não acho
    lá muito fáceis de abrir. Já pensei até em fazer reclamação formal às empresas, pois já tive de usar faquinhas, para ajudar no 'desenlacre' inicial da tampa.
    Quanto ao leite de coco, eu uso o da Sococo que considero muito bom. E ele ainda tem daquelas tampas
    antigas, que se abria com abridor de garrafas, rsrs. O seu bolo ficou com um aspecto muito saboroso.

    Um beijo e boa noite!

    ResponderExcluir
  3. Um bolo gostoso, sem dúvida. Encanta-me a capacidade que as pessoas que amam a cozinha encontram para adaptar, juntar, criar receitas.
    Concordo que há embalagens invencíveis! rs Provavelmente é falta de força muscular, sim, Heloísa. Acontece muito comigo e sei que deveria exercitar mais as mãos.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.