quarta-feira, 29 de julho de 2015

Pausa



Passou junho, julho está passando, e eu, quieta.
Nesse tempo todo, não deixei de escrever. Mas só mentalmente.
Textos inteiros, que não passam para o papel. Não sei o que explica isso.
Não. Até sei um pouco.
E está na hora de trabalhar isso.
Sim. Preciso ir atrás desse estado, para então retomar meu teclado.

8 comentários:

  1. Que estranho!Sabes que hoje à TARDE FALAMOS EM TI AQUI.ESTOU NA PRAIA E LEMBREI QUE HÁ MUITO ANDAS SUMIDA! e AGORA APARECES! BJS PRAIANOS, CHICA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto tempo, Chica. Também tenho pensado em você, mas nunca mais recebi suas comunicações. Bjs.

      Excluir
    2. Heloísa, mas estou sempre nos blogs.Tenho 12,rs..Isso me mantém a cuca funcionante!! bjs praianos,chica

      Excluir
  2. OI mãe, que profundo! Vai atrás mesmo e retome por aqui também!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Helô,

    Postar no blog para mim também tem sido um desafio, por causa das minhas muitas tarefas. Mas eu vou levando, rsrs.
    Eu também senti falta de "ver" você por aqui.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Não tenho blog, mas vivo lendo blog´s e percebo que quem escreve tem que "estar a fim..."
    Faz se tiver vontade Heloísa!
    Estamos aqui e amamos seus textos... bjossss

    ResponderExcluir
  5. Oi Helô,
    Tem momentos, realmente, que precisamos de pausa.
    Espero que tudo se arrume e logo, logo você esteja de volta entre nós.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  6. Estou assim também, Heloísa, fazendo textos enormes na cabeça, sem conseguir passá-los para o "papel". Meu desânimo é explicável, pela doença da minha mãe, mas não é só isso, há um desencanto geral pelo ser humano, em mim. Mas também preciso mudar isso e me ater nas pessoas que me fazem bem, ainda há muitas.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.