quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Tranças




E não é que a moda das tranças voltou?
No meu tempo de menina, os penteados com tranças eram muito comuns, e quase sempre associados ao uso de fitas. Era o penteado do dia-a-dia.
Não se usava cabelo comprido solto. Pelo menos, não tenho essa lembrança.
As tranças, normalmente, eram feitas uma de cada lado, e terminadas com um laço de fita.
Podiam ser usadas soltas ou presas, unindo-se seu final ao início, ficando como pequenos arcos nas laterais da cabeça.
Podiam, ainda, ser levadas ao topo da cabeça, ficando como uma tiara.
Sempre tive cabelo fino e liso e, por esse motivo minhas tranças não tinham muito volume.
Mas eu as adorava.






Nessas fotos "antigas", eu apareço com os três modelos de tranças. A última foto é uma preciosidade. É do dia em que, com meu pai e minha irmã Lourdes, fui conhecer o Viaduto do Chá em São Paulo. Estou com um vestidinho de organdi suiço de fundo branco e tranças presas no alto da cabeça. E, é claro, com um laço de fita bem grande.
Atualmente parece que, por enquanto, a moda das tranças não alcançou as meninas.
Mas deixa estar.
Ainda hei de fazer umas tranças bem bonitas nos cabelos da minha netinha, que são volumosos e têm uma cor linda.




25 comentários:

  1. O Miudo, as meninas! linda foto! e as tranças eram comuns na familia, cortá-las marcava a entrada em nova fase de vida, no Ginásio, por exemplo. Lembra? Bjs. Regina

    ResponderExcluir
  2. Lindas fotos e certamente farás na tua netinha...Eu também usei tranças...beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Heloísa, tranças em cabelos muito lisos, como o da Isadora, vão dar trabalho! rsrsr O cabelinho vai ter que estar bem grande, para firmá-la e não soltar os fios.
    Como eu tinha os cabelos cacheadinhos, minhas irmãs mais velhas os tinham lisos, minha mãe, avó, tias, eram todas de cabelos "aguados", era a sensação e elas mantinham meus cachinhos até com adoração. rsrsr
    De mocinha, já sem os cachos, mas com eles ondulados e volumosos, eu mesma os trançava numa trança só, atrás da cabeça. E só podia amarrar com elástico, pois fita escorria e não prendia.
    Pena que não tenha fotos.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Pois eu ainda usei tranças, pena não ter fotos pra mostrar. Meu cabelo era muito e volumoso, assim com tranças ficava comportado...KKKK...bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Heloisa,
    A moda vai e volta...Eu adoro tranças. Pena que meu cabelo é curto.
    Eu amei seu post e fiquei encantada com as fotos. Que coisa mais linda!!!
    Tudo de bom
    Bjs mil

    ResponderExcluir
  6. Nunca usei tranças...pos meus cabelos nunca cresceram abaixo do ombro. E agora finalmente fico so invejando essas transas lindas e nao posso mais usar, pois eles continuam curtos e cinza.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Amo tranças tambem, meu cabelo é bem lisinho, e desmancha rapidinho...Mas amei suas fotos de criança, só tirava fotos aqulea época nas praças não é? hoje me dia meu filho não sabe nem o que é "filme de máquna"...se não ficarem boas ele "deleta".
    Ale

    ResponderExcluir
  8. Helô, desde que a mulher do vice predidente apareceu na posse com as lindas tranças, virou moda, pegou. Adorei as fotos antigas, puro charme. Minhas férias foram maravilhosas. Ainda estou de pernas para o ar pois só volto ao trabalho em 3 de fevereiro. O encontro do Rio com a blogueiras foi maravilhoso. Bjs amiga

    ResponderExcluir
  9. HELOÍSA ADOREI VER VC CRIANÇA MUITO LINDA, TBM USEI VESTIDINHOS DE ORGANDI E TRANÇAS LONGAS!

    ResponderExcluir
  10. Oi Heloisa eu também sou do tempo das tranças, usei muito com o tal lacinho na ponta, hoje faço tranças no cabelo da minha Matilde e digo-lhe fica tão linda com duas trancinhas a dar-lhe pela cintura linda mesmo.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  11. Ah Heloisa que fotos mais lindas!!!
    Essa no viaduto do chá é maravilhosa. Eu costumava fazer uma trança só e retinha. Fazia num piscar de olhos. Mas meu cabelo preso preferido eram as marias chiquinhas lembra? Usei quando criança e mais tarde na adolescencia tipo hippe anos 70!
    Não uso mais tranças of course, mas fiz todas que tinha direito nos cabelos da minha filha que eram lisos, fartos e loiros...ah como eu curtia.
    Estava sentindo saudades de vc.
    viu?!
    bjus
    yvone

    ResponderExcluir
  12. Eu particularmente não gosto de tranças, meu cabelo é repicado e as tranças ficam cheias de pontas, um horror. Quando eu era adolescente eu fazia tranças na hora de dormir com os cabelos molhados, daeh no dia seguinte eu penteada e ficar beeeem armado eu adorava, achava o máximo, rs, cada uma né...
    A Nathalia tem pouco cabelo e curto então nunca dá pra fazer tranças, mas acho muito fofa menininhas com trancinhas.
    O cabelo da Isadora é lindo!!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Helô, a minha vó fazia tranças no meu cabelo e colocava uma fitinha da cor da roupa que eu estava usando, era um charme.
    Eu acho a trança super prática e elegante. bjuss

    ResponderExcluir
  14. Que fotos mais queridas!!! Helo, você era um bibelot!!! Fooooooofa, sua netinha tem a quem puxar!
    Beijinhos,
    Dani

    ResponderExcluir
  15. Que lindas fotos! Adoro coisas antigas... O laço na última foto é fofo!!! Já usei tranças quando era criança e tinha cabelos longos.

    ResponderExcluir
  16. Oi Helô! Eu sempre tive os cabelos curtinhos, tipo chanel, mas mamãe sempre inventava uma moda para eu ir para a escola. E eu adorava!!!

    Quando fizer as tranças na Isadora mostre as fotos para gente, ok?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Lembrei-me com seu post, que usei muito pouco as "famosas tranças"!
    Cabelo curto, ou melhor, médio, foi o que mais usei até hj.
    Como sempre, seu post está ótimo!
    Bj

    ResponderExcluir
  18. Oi Helô
    trança é atemporal,né? Não tem quem não tenha usado. Eu usei muito na infância e na adolescência usado de lado,só não uso mais porque ando como canelo mais curto...

    bjão

    ResponderExcluir
  19. Heloisa
    Vc sempre nos levando a caminhar pelo passado. Usei muito tranças tb, meu cabelo era médio(nem grosso nem fino) e prendia bem as fitas. Tive um vestido de organdi suiço muito liiindo, adorei a lembrança. Minhas tias Lourdes e Candoca eram costureiras de alta costura, tudo que faziam era lindo e perfeito. Ahhhh!!!que saudades!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi, querida,

    Pois é, ao que parece, as tranças voltaram com tudo, rsrs. Eu estou gostando da nova moda, pois acho as tranças muito graciosas. Graciosa também era você quando menina, conforme atestam as fotos, rsrs.

    Um beijo e boa tarde.

    ResponderExcluir
  21. Helô, que criança mais lindinha você foi!
    E eu sempre adorei tranças, tenho até um visual bonito que fiz e retratei como lembrança de uma trança de lado com um fio dourado. Todos gostaram disso e acho que é mesmo muito bonito um cabelo trançado.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  22. Ah, que texto delícia!

    Eu adoro tranças e ainda as uso, outro dia mesmo postei uma foto minha de tranças no Facebook. E também aproveito para fazer trancinhas de todos os tipo no cabelo da minha menina!

    Quando fizer as tranças na Isadora, coloca uma foto aqui!

    Beijo

    ResponderExcluir
  23. Há tranças e tranças. Essa da primeira foto é bem bonita.
    Mas o que gostei mesmo foi de ver as fotos antigas. Quanta preciosidade!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Que coisa meiga! Que menininha linda você foi, Heloísa!!
    Eu sempre usei trança, desde pequena (nasci em 1990), a que mais faço é a de lado, colocada para a frente. Gosto muito e meu esposo também. Fica tão feminino...

    Um beijão

    ResponderExcluir
  25. Amo tranças, mas meu cabelo é muito fino pra isso, chuif! Helô, amei suas fotos antigas, você era uma coisinha fofíssima!!!! Que garotinha linda!!!!! E não mudou muita coisa, hein? Continua com o mesmo brilho no olhar pelas fotos recentes que vejo aqui! Bjks!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.