quinta-feira, 28 de abril de 2011

Vida




Na Páscoa desse ano, alegria e saudade.

Presença feliz, e ausência doída.


Páscoa de 2009. Minha mãe, então com 95 anos, participando do almoço de Páscoa. Em 2011, só lembrança e saudade.
Isadora, em 2009, encontrando um ovinho perto da cortina. Em 2011, repetiu a busca, e também encontrou.


14 comentários:

  1. É a vida que gira...

    Belos momentos pra recordar com saudades e outros tantos, com a vida inteira por viver..

    Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. A saudade e a alegria andando de mãos dadas, não é mesmo Helo?
    A vida sempre nos surpeende....
    Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Pena mesmo a Dona Norma não mais nos brindar com sua presença sempre tão forte, alegre, viva. Mas ainda bem que temos essa menininha para procurar os ovinhos e nos trazer muita alegria! E temos, sim, a presença da vovó em nós mesmas, no que aprendemos e vivemos com ela.
    beijos
    Pri

    ResponderExcluir
  4. Ahh, a vida e suas perdas e ganhos!
    Dá uma saudade não é mesmo? Mas, como disse sua filha, o presente é a Isadora e a esperança está no ato da procura e do achar os ovinhos.
    A vida está sempre se renovando, mas devemos sempre relembrar aqueles que se foram com carinho e boas vibrações.
    grande abraço carioca

    ResponderExcluir
  5. O sorriso da Isadora simboliza a renovação, a alegria e a fé. Valores que, com certeza, herdou destas mulheres lindas, da família onde teve a sorte de nascer...

    ResponderExcluir
  6. Que linda a Isadora, carinha de sapeca em ambas as fotos!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Uns se vão e outros chegam, e assim caminha a humanidade.
    A Providência Divina tenta compensar as nossas perdas nos presenteando com o novo. As saudades, porém, são eternas.

    Um beijo e bom fim de semana, querida.

    ResponderExcluir
  8. Lindas lembranças, perpetuadas em fotos.
    Sua mãe sempre ESTARÁ.
    Beijo na linda Isadora. Que a alegria da procura pelos ovinhos dure ainda muitos anos, até ela ficar mocinha, nunca perdendo a grandeza da simbologia deles.
    Beijo na linda Vovó Heloísa.

    ResponderExcluir
  9. Linda a Isadora procurando os ovinhos, a vida é mesmo assim ficam as lembranças mas doi muito a saúdade, um abraço amiga.

    ResponderExcluir
  10. Esses dias também me bateu uma saudade muito forte de meu pai e meus avós que também já partiram. Mas... a vida é assim mesmo, né, repleta de partidas (e também de chegadas). E a saudade sempre por companhia.
    Adoro seu blog. A Isadora é muito linda.
    Abraços.
    Paula

    ResponderExcluir
  11. Amiga parabéns por este lindo blog e a demonstração de Amor aos nossos idosos.
    Convido você a visitar o http://maustratosaoidosodenuncie.blogspot.com
    Abraço fraterno e Muita Luz em seu caminho.

    ResponderExcluir
  12. Oi Helo
    Saudades desse cantinho
    Então, estive em Mendonza quando era adolescente com meus pais e certamente não notei os efeitos climáticos e muito menos desfrutei das bodegas, mas agora lendo seu post me deu água na boca. Não seu você, mas dos vizinhos, a Argentina é um luxo e tem muitas cidades e cantinhos que eu gostariia de conhecer melhor. Sempre vamos a Buenos Aires, que é cosmopolita, abarrotada de lojas simpáticas, ótima comida, teatros, cafés charmosos e muitas, mas muitas livrarias.
    Santiago não conheço, mas como aqui é sempre um flash de viagens gostosas, vou guardar na memória, pelo que vc. conta deve ser uma cidade cheia de atrativos e um belo passeio urbano e relativamente perto para fazermos.
    Lembro bem da data que sua mamãe deixou esse lado, mas com certeza ela deve estar acompanhando a desenrolar da história dessa linda família que ela construiu .
    A netinha tá linda e é preciso curtir tudo e sem demora porque os bichinhos crescem logo e quando menos se espera bateram asas e avoou !
    Linda semana e beijo saudoso.
    Yvone

    ResponderExcluir
  13. Oi querida Helô

    Os nossos queridos se vão, mas ficam as boas lembranças.
    Ainda bem que você tem essa maravilha de neta sempre contigo.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.