domingo, 8 de janeiro de 2012

Espírito do Natal?



Meu aniversário é em novembro e, quando criança, sempre ganhava um “troquinho” do meu padrinho, além do presente principal.
Lembro que guardava esse “troquinho” até dezembro, para convertê-lo em presentinhos de Natal.
Nasci e vivi em Santos, ininterruptamente até completar 8 anos. E é desse tempo que tenho a recordação da compra dos presentinhos. Lembro que ia até uma farmácia que ficava na esquina da nossa casa, para comprar as lembrancinhas para meus irmãos: um pente, uma brilhantina, uma glostora, um sabonete ...
Ficava muito feliz em poder presentear.
E nesse último Natal, a lembrança dos meus presentinhos me surgiu por inteiro.
Na véspera do Natal, a Isadora, que está com 5 anos e meio, me pediu:
-Vovó, você me ajuda a embrulhar meus presentinhos?
- Claro, minha boneca.
E ela me mostrou suas lembrancinhas : pequenas embalagens de shampoo e de condicionador, mini caixinhas de cotonetes e de lenços de papel, potinhos de creme hidratante.
Há poucos dias tínhamos voltado de nossa viagem a Gramado, e ela trouxera os pequenos “kits” que ganhara no hotel.
Daí, ela ia me perguntando: será que a mamãe vai gostar mais do shampoo? E o vovô, será que gosta de lenços de papel?
E assim foi separando seus mimos, para presentear a mamãe, o Diego, seus vovôs e vovós, madrinha, tia ...
Recortou papel com estampa de Natal, fez os embrulhinhos e pediu para a vovó escrever os nomes. Colocou cada pacotinho dentro de um saquinho de celofane e, em seguida, pôs seus presentinhos numa caixa, ao pé da árvore de Natal.
Linda!


                                            Caixa com os presentinhos de Natal da Isadora.





9 comentários:

  1. Que amor isso e eu também acho lindo que eles tenham esse espírito e que gostem de dar coisinhas aos outros. Com cada uma delas, além do papel embrulhadinho, vai amor e carinho! Um sonho mesmo! beijos,às duas,chica

    ResponderExcluir
  2. Que meiga!!! Com certeza todos amaram seus presentes.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Que linda ela!

    Tomara que ela nunca se esqueça que o amor mora justamente nesses pequenos gestos!

    Meu abraço,
    se ainda não deixei meus votos, fica meu abraço de um Feliz 2012

    Renata

    ResponderExcluir
  4. Helô,

    Este post levou-me ao passado, por causa da menção à brilhantina (coisa que meu pai usava, rsrs).
    A Isadora é mesmo um amor de menina e já revela os mesmos pendores carinhosos da vovó, rsrs.

    Beijoca, boa noite e boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Ela é muito linda, em todos os sentidos, com uma super boa percepção do outro!.
    beijos,
    Pri

    ResponderExcluir
  6. Helô, que lindo! Fiquei emocionada com esse texto! Tocante!

    Beijos e um lindo 2012 para vocês!

    ResponderExcluir
  7. Que graça Heloisa! Fiz uma analogia com a vovó e a netinha. Que surpresa boa presenciar isso em sua descendente, né? Aliás, os embrulhinhos dela ficaram lindos. Feliz 2012! Paula

    ResponderExcluir
  8. Que linda, a Isadora! Mostra que herdou a sensibilidade da avó!
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  9. Helô!
    Olha que gracinha que é uma criança em nossas vidas, como elas trazem de volta, o mundo simples, sem sofisticação ou consumo que é hoje em dia.
    Que delicadeza e carinho estão demonstrados nesse ato de dar coisinhas simples e escolhidas por ela mesma, ainda por cima, embrulhados com todo cuidado.
    Sua neta será uma mulher maravilhosa, afinal tem a vó e uma mãe tão bacanas.

    Sobre o filme que falei hoje, eu lembrava que alguém tinha falado dele na Net, por isso o peguei na locadora, só não lembrava quem. Mas, agora já descobri - foi você.
    Realmente, um grande filme.
    beijão carioca

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.