terça-feira, 24 de setembro de 2013

Vamos entrar?




Tudo começou com a necessária troca de piso da cozinha e da área de serviço. O revestimento, que era meio escorregadio, começara a estourar em alguns pontos, e eu achei que essa era a hora para tentar colocar um piso com o qual vinha sonhando há algum tempo.
Essa também era a hora para arrumar os estragos trazidos por vazamentos que o apartamento sofrera em temporadas de chuvas. Ele fica no último andar do edifício, e problemas com o telhado causaram danos em paredes e teto de alguns ambientes, bem como num armário precioso, onde ficam guardados copos, taças e porcelanas que têm história.
Como a questão do telhado foi resolvida, com troca total, já se podia pensar em providenciar a arrumação dos estragos.
Mas faltava coragem para encarar uma reforma.
Até que, com o estouro do piso da cozinha, fui forçada a enfrentá-la.
Foi um mês de correrias, poeira, cheiro de tinta.
Agora, a reforma chegou ao fim.
E, como toda reforma, acabou incluindo vários itens que não estavam previstos.
Como trocar o piso da cozinha e área, e não mudar o piso do hall de entrada e do vestíbulo? A porta da cozinha dá para o hall, e o piso novo não combinaria com o antigo.

Novo piso da cozinha.
E como trocar os pisos e não pintar as portas? Diante do novo, a pintura das portas mostraria as marcas do tempo.
E por que não aproveitar a reforma, para mudar as cadeiras da copa/cozinha, que combinariam mais com o novo piso, e para dar uma repaginada no vestíbulo, colocando uma chapeleira que há muito eu buscava e não encontrava?

"Novo" vestíbulo, faltando colocar a cortina.
E, como algumas paredes seriam pintadas, por que não dar um colorido diferente?

Adoro esse azul hortênsia.



Mudança na posição dos móveis e uma parede colorida. Ficou uma delícia.

Para os filhos/hóspedes.

Pequenas alterações na decoração e na iluminação, completaram a reforma.

Muita luz para as fotos.

O que era branco virou azul, para destacar duas telas pintadas por minha mãe.


Gostei demais do resultado. Tanto, que até penso em avançar, daqui a alguns meses, nos cômodos que ficaram de fora dessa vez. 



O importante, durante uma reforma, é ter sempre em mente que "depois da tempestade, vem a bonança".
Mas que é complicado, é.

Ficou um aconchego total.


11 comentários:

  1. Pixa, de uma simples coisinha a ser arrumada, uma reforma enorme.

    Valeu a pena cada detalhe.

    Bom gosto na escolha das cores, a chapeleira divina!

    Adorei tudinho! Parabéns, estás de casa nova na nova estação! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Si hay algo que me gusta es hacer reformas en mi casa, ¡lástima que mi marido no es de la misma idea!. Te felicito por los cambios, no se como era antes, pero ahora queda coqueta, elegante, alegre y relajante, se le puede pedir más a una reforma. Habrás ido de bólido pero el resultado a valido la pena y como tu dices: "Después de la tempestad viene la calma".
    Me gustan mucho los arcos, él de acceso al salón y el que da a la alhacena. Me gusta el mueble paragüero (chapeleira) del recibidor, es de esos detalles que imprimen un estilo. 10 a tu reforma. Un beso

    ResponderExcluir
  3. Realmente ficou lindo, Helô! Cada detalhe mais lindo que o outro. Como você bem disse reforma não é fácil, mas "depois da tempestade vem a bonança".
    Bj pra vc e a Isadora,
    Lylia

    ResponderExcluir
  4. Olá Heloísa,
    Ficou lindo demais! Que bom gosto. Fiquei aqui encantada com o piso da cozinha.
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Heloísa
    Ficou um toque lindo o tom azul... é o meu preferido...
    Ambiente aconchegante e hospitaleiro...
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  6. Dá licença? Tô entrando!
    Tudo do maior bom gosto, mas o azul do quarto e o porta chapéus do vestíbulo são campeões!
    Paz e bem na casa nova
    Abraço,
    Renata

    ResponderExcluir
  7. Uau, ficou tudo muito lindo e aconchegante mesmo!
    Parabéns, Helô! Adoro ver as pessoas com vontade de mudar, de fazer diferente, de reinventar. O móvel azul está super fashion e eu pintaria aquela cômoda de azul turqueza também, ficaria linda com a parede clara atrás, mas está bonita também clarinha, o negócio é que eu amo cores. hehe
    um grande abraço carioca


    ResponderExcluir
  8. Huuumm, demorei mas cheguei, e achei bom demais tomar conhecimento do que rolou por aí nesses últimos tempos, rsrs. O apartamento realmente ficou um encanto, a chapeleira me trouxe à mente tanta coisa bonita: imagens vistas em filmes, revistas antigas, peças publicitárias... ela realmente deu um "tchan" no vestíbulo.
    Os demais ambientes estão também muito aconchegantes e charmosos, parabéns pelo bom gosto!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Cheguei neste blog meio sem querer e vendo suas fotos, me deparei com aquele armário azul! Estou procurando esse tom de tinta para pintar uma mesa muito antiga que tenho, acho que ficaria muito de acordo, por isso gostaria muito de saber qual foi a tinta e qual o tom de azul exatamente usados nele! Ademais quero te dar parabéns pelo bom gosto na decoração da sua casa, tudo muito bonito e aconchegante! Abração!

    ResponderExcluir
  10. Eliana, obrigada por seu comentário. Infelizmente não sei o nome da tinta, mas vou tentar saber com o pintor.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.