terça-feira, 13 de maio de 2014

Prazeres da mesa - Peru. Lima.





Esse último mês de abril foi de recesso. Exames como ressonância magnética e tomografia do joelho e tornozelo, médico, repouso relativo. Quando estava pronta para começar a agitar e retomar todas as atividades, gripe com faringite forte.
Com tudo isso, fiquei meio “borocochô”. E não fiz grandes coisas.
Hoje, mexendo em fotos e no blog, até me assustei: quase não escrevi. Daqui a pouco, as lembranças da viagem a Lima, e de outros eventos dos últimos dias, vão começar a esmaecer.
Então, mãos à obra.

Já falei sobre algumas curiosidades de Lima, mas deixei para comentar sua culinária em separado.
Geralmente, quando viajo para o exterior, não me preocupo muito com os roteiros grastronômicos. Mas, dessa vez, incentivada por amigos, e leituras, resolvi me dedicar a conhecer a culinária peruana, que vem tendo um enorme sucesso nos últimos tempos, e aparece como uma grande atração turística do país.
Pescados ou Mariscos (frutos do mar), batatas e milho, têm uma presença forte na cozinha peruana.
O milho, maiz, entra em muitas composições, e já aparece logo de início como petisco e para acompanhar um “pisco sour”, ou outro aperitivo. Milho de diferentes tipos e cores.


         Aperitivo com diversos tipos de batata em lascas e fritas. Atrás, a cestinha do milho.

A batata, de inúmeras espécies, está presente em diversos pratos deliciosos. Mas o que mais me encantou, provocando um enorme prazer gastronômico, foi o prato frio chamado de “causa”. É servido como entrada e consta de camadas de uma massa feita com batatas, tipo de purê, intercalada com algum tipo de frutos do mar, ou outra carne, e algum outro ingrediente.
Provei essa maravilha num restaurante lindo, no também lindo Museu Larco. Nesse dia pedi “causa com lagostins”, e que também tinha uma camada de abacate.


                        Abaixo, "Causa com camarões" do Restaurante Pescados Capitales.

Emparelhando com as “causas” estão os ceviches, também de frutos do mar. São deliciosos. 
                              Acima, Ceviche, e abaixo, peixe, com espuma, do Restaurante Rafael.


Ainda como entrada, os “ tiraditos”, semelhantes em gosto aos ceviches. Esse, abaixo, é  do Restaurante El Mercado.


E os pratos quentes mais típicos são o “ají de gallina”, o “lomo saltado” e o “tacu tacu", uma mistura prensada de arroz com feijão.

                                              Tacu tacu do Restaurante do Museu Larco.

Também muito conceituada, a comida “fusión”, que seria a culinária peruana associada à de outro país. No restaurante “La Mar”, uma das casas do famoso chef Gastón, e também no El Mercado, tivemos a oportunidade de conhecer a comida "fusión" que utilizava um arroz chamado Chaufa.

                                   Chifón Chaufa, com jugo nikei, do Restaurante La Mar.

      Chaufa do El Mercado, comida "fusión" (Peru e China). Só lembrei da foto no final.

As sobremesas também são um capítulo a parte. Algumas utilizam frutas típicas, como a "lúcuma" e a "chirimoya" e, além de elaboradas no visual, são extremamente saborosas.

Acima, Musse de Chirimoya, do Restaurante Pescados Capitales.
Abaixo, Musse de Lúcuma, do Restaurante do Museu Larco. 

                                      Acima, Suspiro de Lúcuma, do Pescados Capitales.

           Sorvetes típicos, da Tratoria di Membrino, onde comemos ótimas massas.

                       Creme brulée de lúcuma, servido com sorvete e tira de chocolate.

Os dias em Lima, foram dias de requinte na mesa.
Se não tivéssemos feito passeios ótimos, eu diria que essa foi uma viagem gastronômica. Com cuidados na escolha dos restaurantes, e pedidos voltados para tudo aquilo de diferente que o Peru tinha para nos oferecer.
Na volta, fugi da balança.
Por isso, não sei dizer se as delícias da cozinha peruana, que deixaram lembranças muito prazerosas, também me deixaram algum resultado físico.






9 comentários:

  1. rs...Imagino que depois de dias nesse paraíso pra gula, a balança deva ser esquecida... Lindos pratos, coloridos e atraentes! Adorei ver! beijos e que bom que te animaste a escrever.Estava com saudades! bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Helô,

    Como não poderia deixar de ser este post resultou muito tentador, rsrs. O peru tem confirmado uma excelente vocação gastronômica e trabalhado para fazer disso um chamariz turístico.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Ahora estás pachuchita, pero como decimos aquí: "Que te quiten lo bailao", vaya que nadie te podrá quitar esas vivencias. Realmente este viaje fue sin duda un gran viaje gastronómico, ahora mismo buscaré en internet las "causas" y los "tiraditos", me ha encantado tu entrada pues esta llena de sugerencias gastronómicas a probar, no conozco apenas la cocina peruana, y me has hecho entrar unas ganas tremendas de investigar.

    Espero te vayas mejorando, un beso

    ResponderExcluir
  4. Que post lindo! Quanta comida aparentemente muito boa! Delícia. beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu post, Helo! Fiquei sem poder entrar no meu blog e sem poder comentar os outros, tive uma pane blogática! Estou tentando novamente.... Bjs

    ResponderExcluir
  6. OI QUERIDA

    Há muito não nos visitamos e , hoje, a reencontro a partir da revisão dos meus antigos amigos de blog. Adorei seu post.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Querida Helô,
    saudades de você! Também andei ausente, viajei, voltei, troquei de trabalho. Aos poucos vou retomando o contato com as amigas blogueiras.
    Que marailha essa viagem gastronômica no Chile! Tudo muito bonito.
    Espero que você esteja melhor e logo retorne ao nosso convívio.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  8. Não sei porque não tinha visto esse post tão delicioso! rs
    Não sei se comeria todos esses pratos, apesar de bonitos de se ver, pois não gosto de todos os frutos do mar e nem sou de experimentar. rs Então, não sei como fazer quando se viaja e se tem pratos diferentes dos nossos. Quando fui para Montevideo e Buenos Aires, numa excursão por terra, os guias priorizaram restaurantes mais simples, onde serviam mais carne vermelha e arroz e feijão mesmo. Não comemos nada típico, realmente foi uma falha. A apresentação dos pratos é linda mesmo e convidam o paladar.
    Beijo, Heloísa.

    ResponderExcluir
  9. Hola soy peruana y me ha encantado tu blog de comida! un beso, muito obrigada per tu blog.Melina

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.