sexta-feira, 13 de maio de 2011

Prazo de validade





A obrigatoriedade de afixar o prazo de validade nos remédios, alimentos, e outros perecíveis, é mais ou menos recente, entre nós. O objetivo é garantir a qualidade do produto, evitando danos à saúde do consumidor.

Passado o prazo de validade, o produto é considerado impróprio para o uso.

Nem sempre, contudo, é fácil localizar a anotação do prazo de validade. Alguns produtos têm a data na tampa, outros no rótulo, outros na base. No rótulo, algumas vezes o prazo acompanha a mesma posição dos outros dizeres, mas muitas vezes encontra-se em posição vertical.

Quando se está fazendo o supermercado com pressa, perde-se bastante tempo na procura da data de validade.

Mas o que eu acho incrível, mesmo, é o prazo de validade encontrado na embalagem de muitos medicamentos.

Vira-se a embalagem para cá, e para lá, na busca da importante data.

Às vezes ela vem impressa com tipos de tamanho razoável, e com tinta escura. Mas em muitos casos, só as visões privilegiadas conseguirão lê-las.

Na base da embalagem, ou na parte superior, a data é colocada mediante pressão. Não recebe tinta que permita sua visualização. Simplesmente é uma marca pressionada, e o prazo de validade fica praticamente invisível.

E quando o medicamento, na forma de comprimidos, é embalado em papel tipo celofane, a data de validade, também feita sobre pressão, fica na beiradinha do envelope.

Nessas horas, só mesmo com uma lupa.

Hoje, precisando de um comprimido efervescente de vitamina C, fui na minha farmacinha particular e peguei uma embalagem, comprada há pouco tempo.

Antes de prepará-lo, procurei a data de validade.

Lá estava ela, escondidinha, pois pressionada no papel-cartão da embalagem, sem nada que facilitasse sua visualização. Quem consegue enxergar bem uma coisa dessas?

E para terminar, cobrindo-a, quase que totalmente, estava a etiqueta da farmácia com o preço do produto.

Afinal, é importante, ou não, saber-se o prazo de validade dos produtos que consumimos?

9 comentários:

  1. Claro, é importante, mas apenas nós nos preocupamos com isso.

    Os farmacêuticos e laboratórios,não!

    beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Eu também acho que já passa da hora de se fixar parâmetros para a impressão dos tais prazos de validade, pois este tem de estar bem vísivel e bem localizado, rsrs.

    Um beijo e bom fim de semana, querida!

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvidas é importante, Heloísa.
    Procuro por elas, principalmente em remédios.
    Em embalagens de alimentos, na prateleira do supermercado, quase nunca me preocupo, quando são produtos básicos, pois têm muita saída. Nos produtos mais fáceis de perecer, procuro com calma.
    Supermercados, principalmente, têm o hábito de colocar embalagens de validade menor na frente, e as de prazo maior, atrás, então procuro pelos produtos dos fundos das gôndolas, mas sempre conferindo com outros.
    Com embalagens de pão integral acontece muito.
    É preciso ter cuidado, sim, e colocar a validade bem à vista e com letras legíveis.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Heloísa
    Essa situação aconteceu tb comigo, e não consegui de forma nenhuma identificar a validade do remédio.
    Esses fabricantes, ignoram ou agem com má fé com relação a isso.
    Para tudo é necessário que o povo bote a boca no trombone,cansativo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvida é muito importante!
    Porém é isso mesmo, as vezes fico revirando embalagem e nada de encontrar...

    beijo e ótimo final de semana :)

    ResponderExcluir
  6. Heloisa,
    Sinto um descaso sem tamanho conosco consumidores de produtos e serviços.Ainda ontem depois de ter sido super mal atendida pela Embratel, eu dizia para meu pai, gostaria de viver em um lugar, que eu não precisasse, falar com Comgas,, Sabesp, Telefônica, Net, Embratel..... etc. Toda semana há algo para reclamar, e sobra estresse.
    Observe também em algumas embalagens, como o telefone do 0800 fica escondido, impresso com letra micro minúscula, e em cores que mais confundem do que esclarece. Agora em se tratando de medicamento, a coisa é séria. De vez em quando faço uma “faxina” na farmacinha, e já tive que pegar lupa, e em um dos envelopes de medicamento, esta impresso tão na pontinha, que na dúvida joguei fora.
    Você me inspirou para escrever sobre isso também no Longevidade.
    Beijinho e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  7. Prazo de validade é importante sim. Mas creio que é preciso criar lei exigindo a clareza. Geralmente com ser humano é assim, tem que ser obrigatório. Igual o cinto de segurança para o motorista, ou a lei seca no volante. Se não multar pra valer, ou prender, a maioria não respeita as normas de trânsito.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Helô!
    Aqui também sentimos o mesmo problema, tudo tão pequenininho e escondido para dificultar nossa vida.
    Mas, sou daquelas que não desisto e procuro, reclamo e exijo respeito. hehe
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  9. Eu também tenho o hábito de conferir o prazo de validade em tudo que compro. Acho muito importante.
    Sou sua seguidora há algum tempo, mas é a primeira vez que comento. Achei lindas as fotos da sua viagem à N. Zelândia e salvei para o meu arquivo. Beijo.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.