quinta-feira, 27 de junho de 2013

Ausência?






"Sinto falta do papai".
Essa frase está, desde ontem, ecoando no meu pensamento. E turvando meus olhos.
Foi dita pela Isadora, minha netinha, no dia em que a partida do seu papai para outra vida estava completando 6 anos.
Ela a disse para sua mamãe.
E para mim, mandou uma mensagem pela internet: "hoje faz 6 anos que o papai morreu".
Assustei, quando recebi a mensagem.


10 comentários:

  1. De arrepiar mesmo.Sei como te sentiste! Sensibilidade pura a de Isadora! beijos,tudo de bom pra todos aí,chica

    ResponderExcluir
  2. Pois é! Eu tenho a impressão que é uma ausência que será sempre sentida.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Não é para menos. É mesmo de arrepiar! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida
    Para uma menina de seis aninhos é incrível!!!
    A saudade chega a cortar o coração da gente grande, que dirá o dela???
    Post de muito amor de vcs por ele que está junto de Deus...
    Meu sentimento de pesar
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Helô,

    Difícil não derramar umas lágrimas numa situação assim. Provavelmente sempre haverá no coraçãozinho dela a lacuna do papai ausente.

    Ah, obrigada pela visita à página do blog no FB e também pela curtida, rsrs.

    Um beijo, boa noite e um lindo mês de julho para você!

    ResponderExcluir
  6. Oi Helô,
    Que Deus console a Isadora! Com o carinho da avó , tudo será mais fácil para ela.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  7. Que dó, que dó! Apesar dela ser uma menininha alegre, não pode deixar de se sentir triste em dias marcantes. Ainda mais que deve ter fotos dela com ele, momentos dos quais ela não se lembra. Que vontade de abraçar essa pequenininha e fazê-la entender que ela o tem bem pertinho, apenas não pode vê-lo.
    Beijos na Isadora.
    Beijo, Heloísa.

    ResponderExcluir
  8. ¡Qué dulzura de niña Isadora! Tan pequeñita y tan consciente, realmente lleva a su papá en el corazón. Siento muchísimo esa gran perdida. Un abrazo fuerte

    ResponderExcluir
  9. Poxa, deixei um comentário enorme aqui neste post há dias, não apareceu!
    Helô, você já deu olhada na sua caixa de Spams, volta e meia tenho encontrado comentários por lá, pode ser que o meu esteja também?
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  10. Também assustei. Ela (e eu) vivemos uma jornada diferente da maioria: não temos a presença do pai. Sim, sentimos falta. Um vazio existe. Mas vencemos com os valores de sempre: educação sólida, princípios de integralidade, familiares amorosos e incentivadores, bons amigos. Beijos, Paula

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.