sexta-feira, 14 de junho de 2013

Felizes para sempre?



Cruzar com casais de noivos, logo após a cerimônia do casamento, é muito gostoso. A alegria está no ar, assim como a esperança de dias felizes.
E, casualmente, parece que nos tornamos cúmplices do início de uma nova jornada de vida.
Nas viagens que faço por aí, tenho encontrado, com bastante frequência, com recém-casados posando para fotos em lugares lindos ou de interesse turístico.
Acho que a primeira vez que isso aconteceu foi em Roma, em maio de 1991.


Tínhamos acabado de visitar as fantásticas ruínas do Coliseu, quando vimos um casal de noivos saindo de um carro para ser fotografado.

Arco de Constantino (próximo ao Coliseu).

Tinha começado uma chuvinha fina e eu, mais do que depressa, consegui umas fotos dessa cena tão interessante. E a noivinha previdente abriu seu guarda-chuva branco.


Ainda nessa viagem, vi o final de uma cerimônia de casamento numa igreja em Gent, na Bélgica, mas não a registrei.
Em Veneza, na praça de São Marcos lotada, a visão foi dupla: um casal já fora da Basílica, e o outro, ainda no pórtico.



No meio de tanta gente, foi difícil fotografar, mas consegui fotos curiosas. O casal se arrumava para ser fotografado, quando tocou o telefone celular da noiva. Na ocasião eu tive a impressão de que o telefone estava num bolsinho do seu vestido. Mas, olhando agora as fotos, não percebo qualquer bolso no vestido. Talvez estivesse, mesmo, no bolso do noivo. Ela, tranquilamente, atendeu a ligação enquanto o noivo a esperava para as fotos.
Isso foi em setembro de 1995, quando a loucura pelo celular ainda não era muito grande.



Um momento, vou atender o telefone.


Eu e Priscila, minha companheira nessa viagem.
Continuamos nosso passeio e encontramos, novamente, o casal de noivos que tínhamos visto saindo da Basílica. Andavam pela bela Veneza, acompanhados pela fotógrafa.


Em Paris, numa tarde linda, quando estávamos almoçando no "Café du Musée d'Homme", com uma vista maravilhosa da Torre Eiffel, vi um delicado casalzinho de noivos.

Café du musée d'homme


O astral do momento era fantástico, diante da paisagem deslumbrante do Champs de Mars e da Torre Eiffel.

Contra a luz, minha silhueta.

Do meu lugar no café, tirei essa foto.


Muitas pessoas, mas muitas mesmo, aproveitando o tempo lindo e a beleza do lugar. Senti que o ar estava carregado de romance e felicidade e, para completar todo o belo astral, a presença dos noivos.




Foram momentos lindos e cheios de emoção.


Um "viva" a momento tão feliz.

Novas viagens, e novas surpresas com noivos.
Em Christchurch, na Nova Zelândia, a visão também se deu num clima de encantamento. 




Estávamos passeando pelas margens do Rio Avon, num cenário de filme inglês de época, quando, ao atravessarmos um parque, percebi, meio de longe, uma sessão de fotos de casamento.
A cena se integrava perfeitamente à beleza do momento e, felizmente, consegui registrá-la.




E agora, no início de maio de 2013, em Barcelona, a tradição foi mantida.
O interessante é que, dessa vez, não bastou ver o casal de noivos na sessão de fotos.  Mas, também, fazer parte de uma foto.




Eu acabara de sair da belíssima Basílica da Sagrada Família, ainda absolutamente emocionada, quando observando as esculturas, e os fantásticos detalhes exteriores da igreja, vi um movimento de tomada de fotos de noivos.
Dessa vez eu estava bem perto e pedi licença para fotografá-los. E, então, surpresa: fui convidada para posar junto.
Que sejam muito felizes!





9 comentários:

  1. Muito bom o post, adorei! O final é fantástico, não sabia dessa aventura como "madrinha"!
    Acho que também vimos uma noiva no Canadá, não? Talvez no Jardim Botânico. Parabéns pelo post temático, pode investir em outros temas, pois já tem muita aventura e história para reunir.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o post, adorei! O final é fantástico, não sabia dessa aventura como "madrinha"!
    Acho que também vimos uma noiva no Canadá, não? Talvez no Jardim Botânico. Parabéns pelo post temático, pode investir em outros temas, pois já tem muita aventura e história para reunir.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Curiosa essas "coincidências", Heloísa.
    Talvez o seu bom relacionamento atraia belos momentos, na hora linda da consagração do amor. Desejo que todos os noivos tenham um lindo e forte casamento, como o seu.
    Fotos maravilhosas, enquadradas num cenário de sonhos!
    beijo!

    ResponderExcluir
  4. Helõ,

    As fotos são adoráveis, seriam lindas, sem os casais, mas eles deram o toque romântico e humano, sem dúvida, rsrs. Para mim estas coincidências são a prova de que atraímos situações semelhantes às que temos no subconsciente, rsrs. Amei ver estas imagens, rsrs.

    ResponderExcluir
  5. Adorei. Sempre me emocionam noivos sendo clicados, posando para a eternidade
    cecília

    ResponderExcluir
  6. Emocionantes são esses encontros.

    Pessoas que talvez nunca mais cruzem conosco e para quem ,ao vê-las assim desejamos felicidades e amor lindo!

    Também vi muitos desses casais e sempre emociona.

    Lindas fotos e adorei os de vocês,rindo, felizes, com a garantia de um amor que JÁ deu certo e vivem felizes há tanto tempo.

    Essa certeza faz bem à vida!

    beijos, felicidades muitas! chica

    ResponderExcluir
  7. Ri tanto com esse post. Me deixou tão feliz. Quantos encontros com recém-casados - literalmente! Saber da noiva atendendo celular em pleno fim de cerimônia... E cruzar com o casal mais de uma vez, passeando como turistas em Veneza. Que divertido! Seu senso de observação também, Heloisa! Ahhh quanto ao bolo de castanha portuguesa, fiz no final do ano passado. Não consegui postar antes. Beijos, Paula

    ResponderExcluir
  8. Heloísa, adorei ver essas fotos. De facto todas elas são excelentes cenários para grandes acontecimentos! E embora eu seja uma cética em relação ao casamento, fico até feliz por a maior parte das pessoas não concordarem comigo (rs) e tenho que reconhecer que a cerimónia do casamento tem uma certa magia. Pena que muitas vezes esse clima não se prolongue por muito tempo...
    Mas aí está você e o seu marido para ainda me fazerem acreditar em casais felizes! :)
    Um abraço, gostei tanto de voltar aqui. :)

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.