quarta-feira, 16 de maio de 2012

Amor de pai




                                    
                                   Meus sobrinhos, Carolina e Renato, felizes papais da Catarina.


Hoje escutei um depoimento lindo. Um dos meus sobrinhos, papai há pouco tempo, me disse que nunca se sentiu tão feliz como se sente agora. E que seu coração parece transbordar de tanto amor por sua filhinha. Não sabe se esse amor é tão imenso por ter passado pelo susto de perdê-la, pois prematura ficou quase um mês na UTI pediátrica, ou se o amor por um filho é sempre assim.
E hoje, quarta-feira, dia em que tem as tardes livres, estava num contentamento enorme porque ficaria tomando conta da sua linda Catarina. Esse será seu programa maravilhoso para todas as quartas-feiras à tarde.
Achei isso bonito demais.
Anos atrás, os pais eram absolutamente contidos. Não manifestavam seus sentimentos em relação aos filhos. E tampouco ficavam responsáveis pela criança durante qualquer período do dia, cuidando, trocando fraldas, banhando, alimentando.
Os tempos mudaram. 
E, dessa vez, para muito melhor.




Há algum tempo escrevi sobre "Mostrar sentimentos", abordando exatamente as diferenças entre os pais/mães de ontem e de hoje.

7 comentários:

  1. Que lindinhos! Que lindos na foto! E que delícia mesmo ter uma tarde livre com a filha... Que bom a felicidade.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Heloísa, meus dois genros (um, aliás, é ex-genro) são pais que só não deram de mamar no peito. O resto, fizeram (fazem) tão bem quanto as mães, pelos filhos.
    Meu filho será pai em agosto e já avisou que "fralda de cocô não troco", mas acho que o fará. rsrs
    Muito bom essa consciência dos homens, alivia um pouco a carga das mulheres.
    beijo!

    ResponderExcluir
  3. Que beleza esse papai assim! Acho lindo e fico feliz em ver sempre!!Felicidades para eles! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Querida
    Meus filhos se tornaram excelentes pais e dengosinhos... fico muito feliz que sejam assim... como o seu sobrinho...
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  5. Olá Heloisa,
    Obrigada pelos parabéns!
    Eu e a Beth estamos aproveitando o máximo o SPA.
    Acho lindo esse amor explícito dos pais, assim como do seu sobrinho. Os homens estão participando mais da criação dos filhos e expressando o verdadeiro amor e sentimentos.
    Tudo de bom.

    ResponderExcluir
  6. Heloísa, essa é uma mudança muito positiva, sim. Apesar de não ser geral... pelo menos aqui em Portugal, vejo que ainda há MUITOS homens que não se dedicam a essas tarefas, pelo menos com os bebés. Quando são maiorzinhos (e já não dão tanto trabalho...) já é um pouco diferente. Mas aos poucos as coisas vão mudando, e também neste caso as mulheres têm o importante papel de educadoras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Helô, tive a felicidade de ter um marido que fez de tudo pelos filhos, isso há quase 30 anos! É uma alegria ver como os homens estão cada vez mais presentes na divisão de tarefas e acabam recebendo muitas compensações por estreitar esse relacionamento com os filhos.
    Boa semana!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.