segunda-feira, 9 de junho de 2008

Bom sono!

“Alem dos benefícios para a saúde, colocar o filho para dormir sempre na mesma hora é importante para o desenvolvimento psicológico da criança, porque ajuda a criar rotinas”.
Tirei esse período de uma matéria publicada ontem, no jornal “Folha de São Paulo”, que aborda muito bem a necessidade de que a criança tenha hora para dormir, de que durma o tempo necessário para a sua idade e de que exista um “ritual” precedendo a hora de ir para a cama.
Sempre estranhei encontrar crianças, tarde da noite, em supermercados, acompanhando seus pais. 23 horas, meia-noite, e lá estão os pequeninos, cheios de sono, nos carrinhos de compras. Se não há ninguém para ficar em casa com a criança, não seria melhor que só um dos pais fosse ao supermercado, e o outro ficasse com seu filhinho? Ou então, esse supermercado não poderia ser feito no fim de semana, em um horário compatível com a idade da criança?
Crianças pequenas precisam ir cedo para a cama. Há especialistas que afirmam que o horário deve estar entre 19h:30min. e 20h:30min.
Já comentei, em outra oportunidade, que quando meus filhos eram pequenos, dormiam das 19 horas, até 7 horas da manhã. Para os dias atuais, esse horário é meio difícil, mas pode ser adaptado. Que tal 20h, ou 20h30 ?
É preciso, também, que as crianças durmam o número de horas necessário para um bom desenvolvimento. A matéria da Folha de São Paulo tem uma tabela interessante com o número de horas de sono para as várias idades das crianças.
Por exemplo, uma criança com 2 anos de idade, precisa dormir de 11 a 12 horas por noite, e tirar sonecas de duas horas durante o dia. Pode ser uma soneca pela manhã (de uma hora, ou menos), e outra soneca à tarde. Pode, ainda, ter só uma soneca por dia. O importante é que descanse pelo menos duas horas durante o dia.
Isso também é difícil de ser cumprido. Muitas crianças pequenas passam grande parte do dia em escolinhas, e nem sempre as escolas favorecem essas sonequinhas. Algumas adotam o uso de colchonetes, onde todas as criancinhas deitam depois da refeição. É criada a rotina do soninho depois do almoço, ou do lanche, o que é ótimo.
Além de horário para ir para cama, que permita um sono com muitas horas, é importante que haja um “ritual” antecedendo a hora de dormir. Esse ritual, nada mais é do que uma rotina, repetida dia a dia. Isso cria um hábito, fundamental para que a criança sinta segurança. De acordo com Liamara Montagner, coordenadora pedagógica do colégio Santo Américo ( Folha de São Paulo de 8/06/08 fl.1,C1) “quando a criança sabe o que vai acontecer depois, com as rotinas, ela ganha segurança”.
É verdade. Vocês já imaginaram a insegurança que deve dar nos pequeninhos quando, no dia a dia, eles ficam sem saber se, depois do jantar, eles vão dormir, ou vão ao supermercado, ou vão tomar banho, ou vão ver televisão, ou vão brincar .....
Não fica muito mais fácil estabelecer uma rotina? Assim, depois do jantar, a criança poderá assistir 30 minutos de desenho na televisão, ou escutar uma história contada pela mamãe, ou papai, depois a luz de onde estiver vai ser apagada e ela irá para a cama. Todas as noites, ela sabe que isso irá se repetir. Alguns preferem dar banho em seus filhinhos à noite. Então, o ritual poderá ser o seguinte : escovar os dentes, tomar banho, colocar o pijama e ir para a cama. A mamãe, ou papai, cantam uma musiquinha, ou contam uma historinha, fazem (ou não) uma pequena oração, dão um beijinho de boa noite .....e o anjinho dorme.
O roteiro pode variar bastante de uma criança para outra. Mas deve ser sempre o mesmo para aquela criança que está sendo cuidada. Ela certamente criará o hábito, ficará segura e dormirá com facilidade.
Muitas vezes, minha netinha fica comigo na parte da manhã. Para que ela criasse a rotina da soneca matinal, adotei um suco no meio da manhã. Coloco o suco de frutas na mamadeira, e só entrego para ela depois que ela está deitada no berço. É uma beleza. Ela toma o suquinho, eu canto duas ou três canções infantis e ela dorme “numa boa” . Se não tiver esse roteiro, ela resiste ao sono. Pode estar caindo de sono, mas não se entrega. Danadinhas essa crianças, não?
Ao pensar nesse tema, lembrei de uma cena que adorava ver na casa de uma cunhada. Ela é mãe de cinco filhos, todos em escadinha. Quando o mais velho tinha pouco mais de 6 anos, a caçulinha já havia nascido. Às vezes, eu passava na casa dela e de meu irmão, no final da tarde. Pois bem, logo depois das 18 horas, começava o ritual do sono. Eles moravam num sobradinho. Ela subia com todas as crianças, e formava uma filinha no corredor na frente do banheiro, do menor para o maior. Dava banho, um a um, colocava o pijaminha e punha na cama. Entregava as mamadeiras, amamentava a menorzinha, despedia-se de todos que, às 19 horas já estavam dormindo. Eu achava incrível. Nada mudava a rotina. Não é porque a titia estava lá, que o roteiro deixava de ser seguido. Era uma cena linda!

11 comentários:

  1. Ai vovó eu passo por uma luta todos os dias , sai para trabalhar as 05:50 hs , e o Gustavo entra na escola entre 07:00 07:30 lá eles tem sim uma sonequinha logo apos do almoço , entre as 11:30 as 13:30 porém ele brinca o resto da tarde até as 17:00 qdoo papai vai busca-lo , ai começa o dilema , qdo ele chega em casa e toma um mamazinho quentinho , esqueçe soninho na certa , porém eu só chego 20:30 21;00 e oq fazer ? eu quero curtir meu filhote um pouquinho mais como ele já durmiu depois q chegou da escola esse curtir um pouquinho vira um pesadelo , ontem mesmo era 00:15 e ele estava acordado , eu morrendo de sono ( acordo as 5:10) e ele no maior pique ai o pai já perde a paciencia eu já fico triste por não poder cuidar dele resumindo virá o samba do criolo doido , sei que ele precisa de um horario , eu tinha um horario mais hoje em dia fica dificil , Super Vovó Helô me ajude !!!!
    Adorei o tema !

    ResponderExcluir
  2. Oi Vovó Helo! Mais uma vez, concordo com cada palavra que vc colocou nesse post.Aqui em casa tb temos rotina, faça chuva ou faça sol. Às 7 da manha estao todos acordados, no máximo 7:30 e às 8:00, os dois ja estao na escola. Às 14:00, eu pego os dois na escola, sendo que o Eduardo, q vai fazer 3 anos, nao tem mais o soninho depois do almoço, ele vai direto.A Gabriela, q vai fazer 1 aninho, dorme umas duas horas depois do almoço. Chegando em casa, é a hora do lanche. A gente brinca, conta historia, ve um filme, um desenho. Às 16:30, vou preparar o jantar e às 17:00, os dois estao jantando. 17:30 começa Backyardigans e lá estao eles. Assim que termina, o Eduardo vai tomar banho enquanto eu dou uma arrumada na Gabriela, enquanto supervisiono o pequeno tb. Termino de dar banho nele, ela ja esta pronta, de pijaminha no berço "vendo" um desenho para bebês. Arrumo o pequeno, pijaminha e cama. Dou a fraldinha que ele gosta e coloco uma musiquinha de ninar, luzes apagadas. Dou beijo, falo o quanto o amo e digo que esta na hora de dormir. Vou na cozinha, preparo a mamadeira da Gabriela, q a essa altura do campeonato esta chorando querendo a mamadeira, morrendo de sono. Ela deita, toma a mamadeira e dorme imediatamente. Resumindo, às 19:00, os meus filhos ja estao dormindo e com isso,`no dia seguinte, todo mundo acorda bem, feliz e disposto para o novo dia. As vezes meu marido chega e nem consegue ve-los, eles ja estao dormindo, mas eu sigo a rotina. E mesmo qdo estou trabalhando, só da tempo de chegar, dar beijo e colocar na cama.
    Ja recomendei seu blog para as vovòs dos meus pequenos. Adoro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Camila,
    Que linda! Colocou foto?
    Por que dor na consciência?
    Acredito que você deve estar fazendo o melhor que pode. Pelos seus horários, pude deduzir que você mora muito longe do seu trabalho, o que realmente deixa tudo mais difícil.
    Em São Paulo, as distâncias são enormes, e o tempo que se perde no trânsito é impressionante.
    Você precisa descobrir um jeitinho de adaptar os conselhos ("regras para um bom sono") à sua situação.
    O ideal seria se sua casa fosse próxima ao seu serviço. Daí, você teria um tempinho, na parte da manhã e à noite, para curtir e estar com seu filhinho.
    Porém, isso nem sempre é possível.
    Nesse caso, para que você não fique muito cansada, e também tenha as horas de sono que precisa, acho que o Gustavo deveria tomar um lanchinho ( ou uma sopa) logo que chegasse da escola. Em seguida, deveria ser distraído, com um brinquedo, ou um programa de desenhos infantis na televisão, para que não dormisse no final da tarde, acordando logo em seguida.
    Às 19h30 deveria ser colocado no berço, com sua mamadeira quentinha, para dormir.
    É pena, porque seguido esse roteiro, você não vai encontrar com ele acordado, quando chegar do trabalho.
    Mas poderá vê-lo naquele soninho gostoso, e beijá-lo.
    Vocês dois vão acordar bem dispostos, no dia seguinte. E vão poder se curtir muito, no fim de semana.
    Não há motivo para ter dor na consciência. Seu horário é muito sacrificado, e ter o nenê acordado até meia-noite, ou mais, acaba deixando todos vocês esgotados.
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Luciana,
    Que bom que você tem a chance de estabelecer uma boa rotina para seus filhinhos, e que bom que a considera importante e leva a sério.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ai, esse assunto - aliás, todos sobre regras! - são complicados. Que bom a Luciana ter conseguido, com amor, fixar bem a rotina. Eu acredito que a Isadora tenha uma rotina adequada à sua idade, mas tem lá suas exceções permitidas...
    bjs, pri

    ResponderExcluir
  6. Ola Vovó Helo, Camila e Pri,
    Eu tenho essa rotina desde quando o Eduardo era pequeno. Eu trabalhava longe de casa, às vezes demorava 3 horas para chegare ficava chateada de nao poder ficar com ele nesses dias e pedia p o pai deixar o pequeno dormir um pouco antes da minha chegada. Bom.. foi muito cansativo para todo mundo, inclusive para ele que ia chorando todos os dias para a escolinha pq queria dormir mais, ficava estressado.. eu e o meu marido morrendo de sono, o dia nao rendia nada, todo mundo esgotado. Cheguei a conclusao que não era bom para ninguem, principalmente para ele que é uma criança e como diz na materia, precisa das horinhas dele de sono. Aí eu coloquei na minha cabeça que precisava estabelecer essa rotina.
    Já com a chegada do 2º filho,aí mesmo que a gente precisa ter uma rotina pq caso contrário, fica muito, muito cansativo.
    Camila, acho que as dicas da vovó helo sao ótimas, como dar um lanchinho, deixar seu filhote brincando, deixar para a mamdeira p hora de dormir, eu faço assim com a minha filhinha. Se eu der antes, ela vai dormir antes. Mas ela ja sabe que mamadeira é na hora de dormir. E mesmo que vc fiquei um pouquinho com seu pequeno, vc vai ver, vai ser bem melhor e o tempo que vcs tiverem para se curtir, serao sempre otimose nao vai virar um "pesadelo", entendeu? Eu demorei para entender isso, sei bem como vc se sente, mas às vezes, sao "sacrificios" super necessários.
    Muitos beijos para as três

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luciana,
    Esqueci de agradecer por você ter indicado meu blog para as vovós dos seus pequenos. Que bom!
    Será que elas já apareceram?
    Muito obrigada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. oi, Luciana,
    Meu recado para você saiu como "anônimo", por isso segue novamente.
    Adorei você ter indicado meu blog para as vovós dos seus pequenos.
    Muito obrigada. Será que elas já apareceram?
    Beijos
    Helô

    ResponderExcluir
  9. Oi Vovó Helo, vim passear mais uma vez pelo seu blog e adorei, realmente a rotina é importante não só na vida do bebê,como na vida dos pais, pois, a hora que ele está dormindo os pais podem conversar e se dedicar um ao outro.
    Beijos e continue com os comentários, são ótimos.
    Maria Aparecida

    ResponderExcluir
  10. o que eu estava procurando, obrigado

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.