quinta-feira, 5 de junho de 2008

Mãe duas vezes?


Dizem que ser avó é ser mãe duas vezes. Não sei se entendo bem o sentido com que esse ditado costuma ser usado, mas tenho que concordar que muitas avós são mesmo mães duas vezes. Isso porque, criaram seus filhos e, agora, como vovós, criam seus netos. Essas são as avós que, por motivo de trabalho em tempo integral das mamães (às vezes até mais que integral, avançando pela noite) cuidam dos seus netos . Outras vezes, quando ainda por motivo de trabalho, as mamães residem em outra cidade.
Essas avós, com certeza, são mães duas vezes.
Além desses casos, de vovós em tempo integral, temos todos os outros em que as vovós ficam com os netos em um período do dia, alguns dias por semana, algumas horas .... O fato é que, em regra, as vovós estão sempre prontas para socorrer. Quer coisa melhor do que poder ajudar a um filho/filha, e ainda receber, em troca, os sorrisos, abraços e beijos dos netos?

12 comentários:

  1. Acho que é mãe duas vezes porque é mãe da (o) filha (o) e dos netos, por extensão, por continuação, nem sei bem a palavra! Mas é mãe duas vezes!
    Melhor ainda do que receber os sorrisos e a alegria deliciosa das crianças, penso que também é uma maravilhosa oportunidade às crianças de conviverem com seus avós.
    Como já disse no blog Nós Duas, fui privilegiada com essa oportunidade e, por isso, até mudei de cidade para proporcionar à sua netinha também.
    Fora que é uma tranquilidade sair sabendo que a criança está em ótimas mãos, mãos das avós, que cuidam como se fossem mães. E são. Mãe duas vezes. Ou mãe duplamente?
    beijo, Pri

    ResponderExcluir
  2. Será que a minha mãe tb pensa assim ? Ela ama o Gutavinho disso não tenho duvida mais nem sempre posso contar com ela , principalmente agora que meu querido pai está cheio de problemas e ela e quem corre pra lá e pra o tempo inteiro mais ainda bem que eu tenho vcs !!!

    ResponderExcluir
  3. A minha é uma super-mega-ultra-power mãe duas vezes: ela é quem segura minhas "pontas", cuida da Laís e da nossa casa, pois moramos juntas!

    Que delícia podemos contar com as nossas mães, aproveito e mando um beijo pra minha mamy Nira, te amooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Acho que toda avo e mae duas vezes.Pelo menos eu me sinto assim.Tenho em relacao aos meus netos as mesmas preocupacoes que tinha com meus filhos,com uma unica diferenca,e que agora me preocupo se meus filhos estao cuidando direito de seus filhos,sei que e uma tolice minha..ou de varias vovos..agora entendo a preocupacao que minha mae tinha em relacao aos meus filhos.Como vc citou..sou umas das vovos que cuidam de netos para os filhos irem trabalhar...e nao existe recompensa maior que a vida pode ter me dado...que sentir..as maozinhas....os chamegos...os olhares...os choramingos...os dengos...enfim tudo que eles nos proporcionam.Beijos e Vamos curtir nossos netos

    ResponderExcluir
  5. Que coisa mais linda tres mulheres uma familia muitos sonhos , e reparei no detalhe as tres de vestido as tres de sandalia as tres com um belo sorriso , vcs são lindas só faltou a bisa !!!

    que DEUS continue abençoando vcs !!! Merecido o titulo a vovó Hlô de mae duas vezes !!!
    :)

    ResponderExcluir
  6. Querida prima,
    nào é uma delícia ser blogueira? Curto muito meu espaço na Internet e acho que acontecerá o mesmo com você. Já visitei seu blog, gostei demais principalmente do primeiro artigo que saiu também no blog da Priscila e que deve ter despertado em você o gosto de escrever. Com muita delicadeza vc falou em amor e limites e acho que isto é uma boa lembrança para as mamães, principalmente as de primeira viagem. Eu acredito muito que a convivência aumente o amor e estou curtindo mais minhas netinhas agora que as busco na escola. Vejo a fragilidade delas e sinto vontade de as proteger e mimar ( sem estragar). Ao mesmo tempo tenho vontade de fugir, quando lhes dá a "sapituca". Normal, né, para quem criou 4 filhos...
    Me confesso cansada, mas se fosse preciso me desdobraria para ajudar o filho e a nora, assim como a Stella.
    Muitos beijos, parabéns
    Cecília

    ResponderExcluir
  7. zmobatista@itelefonica.com.brsexta-feira, 06 junho, 2008

    Olá Heloisa.
    Passeando por aqui e tentando postar comentários...
    Ser mãe é uma profunda experiência, chega ao limite máximo da dor.
    Agora ser avó é um novo roteiro que a vida nos coloca à frente, é outro papel a desempenhar.
    Com a chegada da minha neta Mariana, minhas reações e sentimentos se transformaram. Foi uma nova experiência, meu coração estalava de felicidade como um pão de queijo ao forno...(termo bem mineiro).
    Adoro e curto minha neta, ela faz rir meu coração...e não tenho dúvidas que a amo de paixão, como outra avó ama os seus netos, mas também tenho certeza que não quero abrir mão da minha liberdade e assumir responsabilidades que devem ser assumidas por "mãe" e "pai" adultos, saudáveis e vivos!
    Colaboro com meu filho Marcus Vinicius e minha nora Cristiane, tomando conta da minha neta de vez em quando, mas até hoje compartilho da opinião que filhos devem ser criados pelos pais e que avós não devem passar de coadjuvantes.
    Portanto, estou convencida de que avó não é mãe duas vezes.
    Um beijo grande,
    Zuleica, (vovó zuzu).

    ResponderExcluir
  8. Oi Tia....
    Essa parte parte meu coração.As vezes imagino como seria minha mãe com meu filho. Será que ela seria "brava" como foi com os filhos? Ou será que nessa altura do campeonato ela já teria relaxado e estaria curtindo mais um neto ou neta?? Parabéns pra voc6e que tem sua neta tão fofa perto de você.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns Heloisa! Achei super interessante seus textos... Eu sou avó por tabela, mas entendi e admirei o que você escreveu sobre sua família, sua mãe, que também é uma pessoa especial como vocês. Beijos, Nazinha.

    ResponderExcluir
  10. já visitei o seu blog e achei a idéia bem legal. Sou meio atrapalhada com o micro. Eu queria ter respondido à sua pergunta sobre se avó é mãe duas vezes, mas não me ajeitei para isso. Então, respondo-lhe aqui:
    Sim, avó é mãe duas vezes ...e mais: é mãe com acúcar. Fui avó muito cedo e ainda tinha netinha de seis anos quando, sem perguntar minha opinião, fizeram-me bisavó. Ah, essa moçada apressadinha! Então, além dos seis netos, agora são quatro bisnetinhos , graças a Deus, lindos, intelligentes, adoráveis...Como vc vê, não sou NADA coruja!
    A minha experiência de vida me leva a afirmar que avó é mãe duas vezes até porque fui criada por uma avó maravilhosa, a quem sempre chamei de mãe e que foi um exemplo maravilhoso para mim. Graças a ela, recebi toneladas de amor, que pude ir distribuindo pela minha descendêdncia ao longo da vida.
    Boa srte e loga vida ao seu blog, querida prima!
    Beijo,
    Maria Cecília.

    ResponderExcluir
  11. Que comentários lindos!
    Todos têm sua verdade. Avó é mãe duas vezes, porque é mãe da mãe (ou do pai) do seu netinho/a.
    Mas ser mãe duas vezes, não quer dizer ocupar o lugar da mãe, ou do pai, como bem disse a Zuleica. Quer dizer, sim, complementar, com doçura e muito amor.
    A vovó Regina (Regina Célia) abordou uma questão interessante, que é a preocupação que as avós têm com seus filhos em relação ao tratamento que esses dão aos seus nenês. Nesse caso, a vovó fica se perguntando :" será que meu filho/a sabe cuidar do seu filhinho/filhinha"?
    Achei fantástico o que a Cecília Catunda disse. Ela recebeu toneladas de amor de sua avó e com isso teve amor para distribuir por todos os seus descendentes, entre os quais seis netos e quatro bisnetos.
    E a Cecília Quadros, que quer proteger e mimar (sem estragar) suas netinhas, mas que tem vontade de fugir quando lhes dá a "sapituca". Esse é um termo muito antigo, que era usado por nossa vovó quando uma criança ficava "impossível".
    Seus netinhos, ou filhinhos ( no caso das mamães) já tiveram "sapituca"?
    Beijos
    Helô

    ResponderExcluir
  12. Tchu1
    Tenho certeza que sua mãe, que partiu tão cedo, teria curtido muito seus netinhos, e estaria mimando muito o Diego (fazendo blusinhas de lã e tudo o mais).
    Não é prá chorar, hein?
    Beijos da
    titia

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.