terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Almoço em família

Durante a semana, o almoço é com os amigos, ou colegas de trabalho. Não há tempo para almoçar em casa, pelo menos nas cidades grandes.

À noite, praticamente já não existe mais jantar em família. Às vezes, um lanche rápido, em conjunto. Outras vezes, cada um faz seu lanche num horário.

Café da manhã, é a mesma coisa. A não ser que os filhos sejam pequenos, é quase impossível que todos o tomem na mesma hora.

Nos fins de semana, tudo se repete. Os jovens saem com os amigos, para programas diversos, ou viagens curtas. A convivência com pais, irmãos, ou outros familiares, quase não encontra espaço nas agendas.

Até o almoço de domingo, que tradicionalmente reunia toda a família, parece ter virado coisa do passado.

Acho uma pena.

É em torno da mesa de refeição, que os membros de uma família têm a melhor oportunidade para a convivência, para fortalecer os laços de afeto, para melhor conhecimento, um do outro. É a ocasião para a troca de idéias, para dar boas notícias, para dar boas risadas. Se não existirem as reuniões familiares, como as crianças formarão a idéia de grupo familiar? E é vivendo no grupo familiar, nos contatos com pessoas de idades e personalidades diversas, que as crianças aprendem a viver nos outros grupos sociais.

Penso que, aqueles que valorizam a família, e que querem mostrar para seus filhos a importância de pertencer a um grupo,  devem se esforçar para manter os almoços de família. Nem que seja um só. Um só almoço de domingo, em família, pelo menos uma vez ao mês. Os pais (avós) com certeza ficarão contentes, e o ganho será de todos.

13 comentários:

  1. Concordo, Heloísa. Nós na nossa família não dispensamos o almoço de domingo. Gosto muito de pertencer a uma família unida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro este momento, de família reunida na mesa! Na casa dos meus pais tentamos sempre nos reunir no sábado para almoçar. Claro que nem sempre dá para todos, mas no geral tem dado certo.
    Na minha casa, como meu marido trabalha no sábado, faço questão de no domingo colocar a mesa de café e sentarmos todos na mesa. Muitas vezes meu filho acabou de tomar a mamadeira, mas senta junto e belisca alguma coisa. Normalmente coloco música e é um momento muito gostoso!

    Bjs,
    Paula

    ResponderExcluir
  3. É verdade, sempre aos domingos, em casa dos meus pais (ilustres lusitanos) preservavamos o almoço aos domingos. Minha mães sempre tinha grandes cuidados com o almoço de domingo com os mais variados pratos da culinária lusitana e brasileira. Mesa farta, sempre a espera que chegassem mais convivas para sentarem-se à mesa e partilhar conosco os inúmeros pratos para todos os gostos e paladares. Ora pois, ai do filho que não estivesse presente.
    Gostei. Parabéns. Meus respeitosos beijos.

    ResponderExcluir
  4. Helô, concordo plenamente! Acho que o primeiro valor que deve ser passado para uma criança, é a família. Moro sozinha com Giovana, mas, não perdemos nenhuma oportunidade de reunião com nossas famílias. Quando digo nossas é porque tem a minha família e tem a família do papai da Giovana. Minha família sempre promove o famoso "Almoço de família, 1 vez por mês, geralmente na casa dos Tios Cacau e Fran (meu irmão e minha cunhada)." E sempre que tem alguma festividade reunindo a família paterna, também faço questão de levá-la. Hoje, moramos num conjugado, mas, quando tivermos nossa casa, será lá, nossos almoços de família. Sonho com o dia em que poderei reunir todos na minha casa. Sei que é nestes momentos de união, que a criança aprende a conviver e a respeitar a todos, independente das diferanças.
    E, é tão gostoso estar pertinho de quem amamos, poder colocar o papo em dia, ver nossos pequenos sendo paparicados... Família é tudo de bom!
    Beijos à vc, Pri e Isadora.
    Elas estão bem?

    ResponderExcluir
  5. Heloísa, como a minha irmã já disse, quase sempre nos reunimos no almoço de Domingo. Acho que não devemos deixar passar nenhuma oportunidade de reunir a família, até porque os meus pais já estão à espera de matar saudades da neta... saudades de uma semana, mas mesmo assim, saudades.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Heloísa. Aqui em casa, todo mundo almoça ou janta junto. sem televisão ligada, sem revista ou jornal nas mãos. É a hora do encontro, da conversa. Que bom!

    ResponderExcluir
  7. Queridos comentaristas,
    Que bom que todos vocês conseguem manter a refeição em família. E, como diz a Valéria, sem televisão ligada ou jornal na mão. É a hora de estar ligado (a) no outro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Helô, a mesa ficou linda e o que você escreveu é a mais pura verdade. Mas aqui tomamos café da manhã e jantamos juntos todos os dias e nos finais de semana fazemos todas as refeições juntos. E nunca me cansei de tentar fazer as crianças se comportarem direito a mesa, sentarem direito e comerem direito. Sabe que depois de anos de esforço eles finalmente estão fazendo tudo direitinho...

    Gostei do clima musical do blog.

    Super beijo,

    C.

    ResponderExcluir
  9. Boas lembranças guardo da família reunida em torno da casa da minha Vó ( o tronco da família). Assim que ela faleceu este encontros foram se tornando cada vez mais raros. Hoje alguns parentes são meros conhecidos com apenas o mesmo sobrenome a nos unir. Triste, porém verdadeiro.

    Sou a favor da reunião, da confraria, da bagunça e de tudo que nos faz linkar com laços e vínculos com o pacote completo de sentimentos que vem junto.
    Família é tudo!!!
    bjos e bom final de semana

    ResponderExcluir
  10. Cara Heloisa, adorei as fotos da linda família. É comovente ver sua mãe com todos reunidos e felizes.
    Você tem razão em dizer que estamos perdendo a tradição das reuniões familiares, principalmente nos almoços de domingo. Penso que a mãe/avó tem papel fundamental nessa questão.
    Devemos nos esforçar para reunir a família, mesmo com as prerrogativas da vida moderna...
    Parabéns!
    Beijos,
    Solange

    ResponderExcluir
  11. Cara Heloisa, adorei as fotos da linda família. É comovente ver sua mãe com todos reunidos e felizes.
    Você tem razão em dizer que estamos perdendo a tradição das reuniões familiares, principalmente nos almoços de domingo. Penso que a mãe/avó tem papel fundamental nessa questão.
    Devemos nos esforçar para reunir a família, mesmo com as prerrogativas da vida moderna...
    Parabéns!
    Beijos,
    Solange

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Heloísa, tenho saudades, desses almoços, mas para mim, hoje, isso é muito raro. Mas, sempre que possível, nos reunimos!!! . Um forte abraço!!!

      Excluir
  12. Muito bem falado, Heloísa. Em casa de meus pais e na minha, enquanto os filhos moraram junto, sempre tivemos almoços com todos à mesa. E se não os jantares, que "sairam de moda" com o tempo, embora ainda haja muitas famílias que não os dispensam, substituídos pelos lanches, ainda assim todos juntos. Hoje, com dois dos três filhos morando fora, é uma raridade a mesa posta para todos, mas uma alegria quando nos juntamos. Beijos.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.