domingo, 13 de setembro de 2009

Emoção em Saint Rémy

São tantas as coisas lindas que tenho visto e vivido, que o tempo tem sido curto para registrá-las. Sempre tive o costume de fazer diários das viagens, e agora tento escrever no meu caderno, e colocar algumas impressões no blog. Mas não está fácil. Além da falta de tempo, muitas vezes há dificuldades em relação ao uso da internet.
Estou, agora, em Saint-Rémy de Provence, uma cidade pequena e ultra-charmosa. E acabei de sentir uma emoção tão grande, que quero aproveitar esse estado maravilhoso para escrever. Ontem senti algo semelhante, mas não estava com o netbook na hora e o relato ficará para depois.
Adoro a pintura do Van-Gogh. Sempre que admiro uma das suas obras penso no quanto deve ter sofrido, e no quanto deve ter sido incompreendido. Pois hoje tive a oportunidade fantástica de conhecer o mosteiro Saint Paul de Mausole, hospital psiquiátrico que funciona até hoje, e onde ele esteve internado durante um ano, quando expulso de Arles. Durante esse ano, pintou compulsivamente: foram 150 telas. O lugar é lindo, mágico, além de muito, mas muito mesmo tranquilo. Pena que já não é época de lavandas pois, em junho e julho, ele tem um campo enorme dessas flores tão românticas. Mas isso seria algo a mais, pois o que pudemos ver já foi suficiente para no deixar a alma elevadíssima. Andar pelos lugares onde Van Gogh viveu, sofreu e trabalhou, foi algo muito forte.
Entra-se no mosteiro por um corredor com muito verde, ladeado por várias cópias das obras que Van Gogh lá realizou.
Visita-se a capela e o claustro, ambos do século XI, e por último uma réplica do quarto do famoso pintor. A capela é muito simples, como todo o mosteiro. O claustro, que leva à meditação, com canteiros bem floridos. E o quarto, absolutamente despojado.


Na saída, uma lojinha, onde comprei saquinhos (sachets) feitos com tecidos provençais, recheados de flores de lavanda. Não as vi, mas sentirei seu perfume por bastante tempo. A mocinha da loja me disse que ele dura por um ano. Tomara!

18 comentários:

  1. OI Helô, tudo bem?
    Também sou fã do Van-Gogh, tem um museu dele aqui em Amsterdam, e quando fui pra visita-lo, estava uma fila virando 2 quarteirões, então deixei pra ir outro dia, porque quero ver tudo com muita calma e sentir a arte dele.
    BJuss

    ResponderExcluir
  2. Heloísa,
    vc está aqui tão perto e ao mesmo tempo tão longe...
    Que viagem maravilhosa! É uma das minhas viagens de sonho. Apesar de ter amado Paris, adorava visitar a França campestre, sempre me fascinou.

    Aproveite ao máximo.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ah, e a "Helô Tours" está com tudo!!! :))

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Helô!
    Estou rindo aqui também...vc entendeu direitnho. Nem fui para Paris e já estou pensando em voltar mais uma vez.
    Tudo verdade. Sou movida a sonhos, e por acreditar neles, já realizei muitas coisas na minha vida!

    Sua viagem está linda...adorei tudo. Vou estar sempre aqui acompanhando de pertinho as aventuras provençais da "Helô Tour".
    Beijos e abraçe a Provençe por mim!
    Adriana

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha Helô...estou viajando junto com você! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Você não poderia sair daí sem as lavandas, claro. Que pena não ser época delas nos campos!
    Fico feliz por você, vivendo essas emoções, estando em lugares tão lindos, visitando o hospital onde esteve Van Goch. Quanta coisa interessante! As imagens falam por si.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Helô,
    Estou curtindo a viagem junto com você. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ai, que bom, que delícia vc estar aproveitando e vivendo momentos lindos! Mãe, mas não faça da falta do computador ou da dificuldade de acesso à internet um problema. Daqui a pouco vc já vai ficar aflita com isso, ao invés de só aproveitar o momento, e registrar por escrito depois o que der, se der. Viva tranquila essas novidades maravilhosas!
    beijos,
    aproveite,
    Pri

    ResponderExcluir
  9. Muito bonito. A vida é para ser vivida em sua pleinutude.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  10. Heloisa
    Deve ter sido emocionante mesmo!
    Nós fomos em outros lugares e ficavamos emocionadas precisando beliscar para saber que era Paris.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  11. Imagino a emoção. Eu também ia gostar de visitar e sentir as paredes que envolveram a loucura de Van Gogh :)

    ResponderExcluir
  12. Helô, querida!
    Que sonho esta viagem de vocês!
    O bacana da Internet é isto, você viaja e nós viajamos juntos também.
    Acho tudo isso tão maravilhoso, pois a filha que está aqui e a netinha podem acompanhar seus lindos dias.
    Fiz isto em abril quando fui aos EUA e meu filho curtiu junto, ficava esperando até altas horas eu colocar a postagem do dia para saber o que fizemos. Foi ótimo para nós e para ele.
    Você está enfeitando este maravilhoso jardim com um vestidinho floral que combinou perfeitamente.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  13. Que lindo passeio e que lindo texto!

    Que o perfume e as lembranças permaneçam fortes por muito tempo!

    beijos!

    ResponderExcluir
  14. Não tem nada melhor do que viajar!

    Aproveite cada segundo!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  15. Oi Hêlo,
    Da uma olhadinha no "Persa": tem uma dica legal para o proximo fim de semana em toda a França. Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Ah, helô... que delícia de viagem. aproveite muito, tá? E sempre que der, ponha mais fotos e relatos sobre a frança. Lugar maravilhoso!!! Eu ainda vou aí um dia...
    Boa viagem, tudo de bom,
    Carol

    ResponderExcluir
  17. Querida Helô, esse cantinho é também cultural, anote tudo no caderninho pra passar pra nós depois, é uma deleite ler o que escreve. Bjss

    ResponderExcluir
  18. OI, Heloísa. Estou sempre atrasadinha mas acompanho sua linda viagem. Sempre pensei qe faria uma viagem assim, correndo os campos da França. Não só Paris tem belezas. Trocaria com certeza uma estada somente na Cidade Luz por dias como os que está vivendo. Aproveita!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.