quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Novo mergulho na beleza


Acho que meu blog “Fotos: lazer e memórias” acabará meio desfalcado, mas há relatos que não podem ficar para depois. E entre eles, duas situações que vivi no último domingo (20/09/09), e que só não me fizeram derramar lágrimas porque me esforcei para evitá-las : uma diante da Torre Eiffel, e a outra diante das Ninféias de Monet.
Almoçamos no terraço de um restaurante, admirando a vista maravilhosa da Torre Eiffel. Terminado o almoço descemos para umas fotos, e foi então que eu senti a explosão da beleza, no meio de pais com seus filhos pequenos, de jovens brincando com seus skates, de turistas de todas as procedências, e até de uma casal de noivos, ainda com as roupas da cerimônia, tirando suas fotos diante da torre. Foi um momento mágico : a beleza do cenário, a beleza da vida que me rodeava, a beleza do momento que eu estava vivendo, a beleza verde do Campo de Marte (Champ de Mars) e a beleza notável da Torre Eiffel. Foi difícil conter as lágrimas. Emudeci, porque se falasse qualquer coisa, não sairiam palavras.
Logo em seguida, fomos ao Museu Orangerie, no também maravilhoso Jardim das Tulherias, para vermos as Ninféias de Monet. Dias antes havíamos ido a Giverny, vilarejo próximo de Paris, onde Monet viveu. Lá visitamos sua casa e os esplendorosos jardins que o inspiraram.
No Museu Orangerie, fomos ver seu trabalho.
A natureza que o rodeou, em Giverny, é esplendorosa, os jardins que o inspiraram são realmente fantásticos, mas seu trabalho é de uma beleza absolutamente indiscritível.


A emoção de perceber como alguém conseguiu transferir para as telas toda a beleza que vivenciou foi muito forte. Minhas lágrimas, represadas. Só não sei como consegui.

Fico devendo fotos melhores das telas das Ninféias, do Museu Orangerie.

16 comentários:

  1. Estou viajando aqui junto com a sua emoção.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha, Helô!

    O Museu da Orangerie está nos meus planos. E este restaurante também.
    Amei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Quanta sensibilida!!!
    Que viagem de sonho em Heloisa, traga daí o encontro, a admiração infantil pelas coisas, a festa!!!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Helo...você conseguiu passar essa emoção pelo seu relato e imagino como é estar aí ao vivo, "respirando" quase que o mesmo ar que Monet respirou!
    Lindas fotos!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Que linda essa passagem na Torre Eiffel. Paris emociona muito, mesmo! Só não sei como vc conseguiu não chorar! bjs,
    Pri

    ResponderExcluir
  6. Até eu fiquei arrepiada com a tua descrição :)

    ResponderExcluir
  7. Heloísa,
    fico sempre emocionada com as obras de Monet. Quando vi algumas no Musée d'Orsay senti uma felicidade indescritível. Se eu voltar a França eu não vou perder esses magníficos trabalhos de Monet no Orangerie. Sempre quis vê-las ao vivo. Maravilhoso!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Puxa... e não chorou por quê?
    Chore sim! Ainda mais de felicidade!

    Ah, muito obrigada pela delicadeza dos parabéns!

    beijo!

    ResponderExcluir
  9. Helô querida!
    Então, porquê não chorou?!
    Deixa rolar!
    É preferível chorar de alegria do que de tristeza, né mesmo!
    Bons passeios para os pombinhos.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  10. Helô, que lindo seu post! Dá para sentir toda a emoção com suas palavras.

    Divirta-se!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Heloisa
    Que imagens maravilhosas eu não conheço Paris, mas é uma cidade que eu gostaria muito de conheçer quem sabe breve.
    Beijo e boa viagem

    ResponderExcluir
  12. Ver voce descrever esta cidade me emciona. Voce tem o dom para dizer resumidamente o belo.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  13. Que coisas lindas, Heloisa! Fico muito feliz por você, por estar tendo a oportunidade de fazer uma viagem tão bacana!
    Não conheço o Orangerie nem Giverny, mas já estão nos planos da próxima viagem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Ouvir relatos de viagem, é tão bom quanto viajar, Helô, é uma delícia viajar, sob a sua lente.

    beijinho

    ResponderExcluir
  15. Olha só como é a vida...
    Faz um bom tempinho que não passo por aqui pq estou a mil com os preparativos do meu casamento, que será daqui a 12dias...
    E vamos passar a lua de mel em Paris.
    Quando hoje resolvo entrar aqui e vejo dicas valiosas!
    Obrigada, querida!
    Beijos.

    Marlla Farias

    ResponderExcluir
  16. OI Heloísa, tudo bem?
    Estou vijando com você, seus relatos são tão profundos, e com tantos detalhes, que parece que estou aí.
    Bjusss

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.