sexta-feira, 16 de abril de 2010

Capital especial


No centro, prédios altos, muitos carros, trafegando no máximo em 50 km por hora, movimento de pessoas.


Nos bairros, casas de madeira, vida pacata, pouco trânsito.


Muitas colinas e montanhas, muitas casas nas encostas, baías maravilhosas e um mar com tom de azul indescritível. Muita beleza. Assim é Wellington, capital da Nova Zelândia.


Na avenida da praia, ou por ruas do centrinho, acho interessante observar os hábitos simples, e a vida tranquila dos locais. Não há pressa, tudo é muito calmo.
Cada bairro tem seu “centrinho”, com biblioteca, cinema, posto de saúde, clube, comércio e escola. Percebe-se que é uma sociedade muito organizada, e tudo parece andar muito bem.

Nas fotos de cima, biblioteca de bairro, e nas duas últimas, o simpático cinema.

Interessante é a forma de recolhimento do lixo. No bairro do meu filho, a coleta ocorre às quintas-feiras. O lixo reciclável é colocado num pequeno “container” verde, e o lixo orgânico deve ser posto num saco de lixo próprio, de cor amarela. Todos os “kiwis” (habitantes do local) devem acondicionar seu lixo da mesma forma. Se o lixo for colocado em outro tipo de sacola, não será recolhido. Isso tem sua razão. Como não existe taxa para recolhimento do lixo, a importância arrecadada com a venda dos sacos plásticos é usada para pagamento do serviço.
Muito civilizado!

E se alguém deixar de colocar o lixo na porta da sua casa, e quiser se desfazer dele antes da outra coleta, deverá levá-lo pessoalmente ao lixão. Seu carro será pesado na entrada e na saída. A diferença, que corresponde ao peso do lixo, servirá para o cálculo da cobrança do serviço.

Os “kiwis” são muito simpáticos. No comércio sempre têm um sorriso e uma palavra gentil para os fregueses.
Uma diferença bem marcante, entre o Brasil e a Nova Zelândia, está nas refeições.

A principal refeição, por aqui, é o jantar (tea), que acontece entre 17 e 19 horas.

O café da manhã é bem completo, com ovos, bacon ou linguiça, cogumelos, torradas e outros itens. O almoço (lunch) é uma refeição mais leve, que até pode ser comparada ao nosso lanche da noite. Pode incluir uma sopa, um sanduíche acompanhado por salada, uma omelete, um prato leve, uma torta (a famosa "pie") e quase sempre é acompanhado por um café com leite, ou capuccino, em xícara grande.


Graças às ligações com os ingleses, o “fish and chips” ocupa um lugar de destaque, ao lado dos restaurantes indianos, malaios, e tailandeses.
Já comemos pratos tailandeses e, para novas experimentações (eu não conhecia), estivemos em um restaurante malaio. Gostamos bastante do que pedimos.
Abaixo, fotos dos nossos pratos e do "roti", o pão malaio, semelhante à panqueca brasileira.


De um modo geral a comida é bem picante, e eu preciso escolher com cuidado, pois não sou amiga de pimentas.
Ainda bem que temos um “mestre cuca” em casa, que sempre nos garante um jantar gostoso.


E para aproveitar da hospitalidade “neo-zelandesa”, jantamos outra noite na casa de amigos “kiwis”, onde saboreamos como entrada o exótico “paua” (abalone), como prato principal um cordeiro delicioso, com legumes à moda maori, e para finalizar uma sobremesa que recebeu seu nome grafado em português (em chocolate).


Adorei o horário do jantar. Fomos convidados para as 18 horas. Depois de um aperitivo, com os deliciosos vinhos da região, iniciou-se o jantar. Antes das 22 horas, estávamos em casa.

Muita civilização!

15 comentários:

  1. Hoje gostaria de estar num lugar assim com céu azul mar calmo tranquilo para acalmar meu coração!
    bjim

    ResponderExcluir
  2. que maravilha Helô!!..tudo muito lindo!!!fotos maravilhosas..amei tudo que vi..bjus

    ResponderExcluir
  3. Ola Tia,

    Aqui estou eu novamente.
    Muita civilização. Voce nao sente falta de um pouco de bagunça brasileira? Talvez, para passar ferias, seja legal... mas... será que nao enjoa depois de 3 meses? hehehehe.

    Adorei as fotos da cidade, mas.. cade o povo? nao vi ninguem...

    ME deu fome de café da manha. QUE DELICIA.
    Muito legal, tambem, a delicadeza de terem escrito em portugues. Os KIWIS parecem ser muito gentis e amigaveis.

    Por falar em KIWI, quero fotos dos 2 KIWIS da NZ.

    beijos;. tchu

    ResponderExcluir
  4. Que lindo tudo isso e quanta coisa de lá falta aqui.CIVILIZAÇÃO é tudo,não? Só essa dos horários das festas , já é maravilhoso. Aqui,quando elas iniciam,estamos pregadas de cansaço...beijos e curte tudo!chica

    ResponderExcluir
  5. Ahhhhhh (suspiros) muita civilização!
    Eu adoraria morar assim, nesta calma, nesta organização, num mundo onde as pessoas se respeitam e tudo pode ser feito dentro de horários convenientes e não esta loucura que vemos por aqui, onde os jovens começam a se arrumar pra sair às 23 horas e só voltam de madrugada. Quanto mais violento o país, mais tarde são as coisas, os eventos, enfim ... deixando as lamúrias de lado, digo-lhe que é absolutamente lindo e eu estaria prontinha a morar num lugar assim, mesmo que tivesse frio abaixo de zero.
    Prefiro assim.
    Interessante esta divisão de bairros, estimula inclusive as pessoas a fazerem o melhor em cada um. E teu filho é um grande anfitrião, mas deve estar adorando fazer isto para os pais, ele deve ser um amor de rapaz.
    Linda esta Nova Zelândia!
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  6. Oi, querida

    Isso é que é civilização. Fiquei aqui imaginando a delícia de viver num lugar assim. E esse mar, essa visão do paraíso, eu diria "muitos comentários".
    E que simpatia a recepção que vcs estão tendo por aí. Curtam muito mesmo!

    Bjs no coração!

    Obs: e eu continuo com minha leitura do seu blog, um dia me atualizo...

    ResponderExcluir
  7. Helô, que máximo eu "encontrar-te" no país antipoda de Portugal, depois de estar tanto tempo ausente :) Deve ser super bonito por aí! Continuação de boa viagem e aproveitem muito e bem ;)

    ResponderExcluir
  8. Helô,
    o Márcio está aqui do meu lado acompanhando sua viagem...ele disse que os vinhos neo-zelandezes são maravilhosos...
    A comidinha do Tio Gus parece estar deliciosa!!!
    Ia adorar a culinária...adoro pimenta!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Helo
    Fiquei uns dias sem aparecer e eis que vossa majestade está em viagem, e que viagem!
    Me deu água na boca as imagens das aventuras gastronomicas.

    Jantar entre 17 e 19 é perfeito para mim. Hoje tomo um café da manha reforçado, na hora do almoço faço um pequeno lanchinho e costumo fazer a melhor refeição do dia por volta desse horário.
    Como sou coruja, antes de dormir ainda belisco um biscotinho, ou uma fruta, uma torrada com chá...

    Outra ponto importante foi sua observação sobre a questão de como o lixo é tratado nos países desenvolvidos. Sempre nos chama muito atenção isso não é mesmo?!

    Anos atras eu e marido viajamos muito pela europa para conhecer indústrias de containers para reciclagens de plastico. Visitamos fabricas de equipamentos, aterros sanitarios etc. uma aula de civilidade e tecnologia inesquecível. Tudo funciona, o povo respeita e quando não respeita tem que pagar por isso.

    Trouxemos a tecnologia, fomos a primeira empresa no Brasil a fabricar os produtos dentro dos padroes e norma internacional (DIN), mecanizamos a coleta...implantamos o sistema nas principais cidades do páis...
    Mas se eu contar para vc. como as coisas relamente funcionam aqui em nosso país, teria que escrever um livro... acho que vc. bem pode me entender...

    Aproveite muito a viagem e quando voltar apareça contando mais novidades.

    Beijos, boa estadia e bom retorno.

    ResponderExcluir
  10. Que delícia... saudades de comer um omelete depoisdas fotos...

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Helô, o horário do jantar holandês é as 17:00 hs, cedo não? Mas porque eles comem no almoço pão, com ( queijo, presunto, ...) e ovo cozido, e depois disso só vão jantar e normalmente comem sopa..
    Confesso que tentei adaptar minhas refeições ao modo holandês, mas por enquanto me da dor de cabeça... mas gosto do horário deles, quando estudava no Brasil e saia direto do trabalho pra escola jantava também as 17:00 bjuss

    ResponderExcluir
  12. Leio o seu blog às vezes. Comecei há alguns anos, quando tive a minha filha e estava em licença-maternidade, lendo o blog da sua filha, o Nós Duas. Depois de um tempo descobri o seu blog e me apaixonei. Vc parece ser uma pessoa incrível e os seus textos e histórias são demais.
    Só queria deixar registrada a minha admiração.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Heloísa,
    Bom dia!
    Estou A-D-O-R-A-N-D-O a sua viagem!! Parabéns! Seu blog está um espetáculo!! Profissional MESMO!! Adorei as fotos, a coordenação das informações... e o conteúdo (óbvio)... literalmente, viajei junto com vocês por alguns instantes... APROVEITE MUITO!!!!
    Beijos..
    Ana

    ResponderExcluir
  14. Nossa, muito civilizado mesmo! Adorei o almoço! Eles devem se sentir melhores do que nós no período da tarde, né? Certamente dá menos sono esse tipo de refeição.
    E agora sim gostei da cidade! Antes estava me parecendo muito natural! Agora já me sinto mais em casa com uns predinhos, uns carrinhos, um transitinho ainda que só no centro!
    bjs,
    Pri

    ResponderExcluir
  15. Boa ideia a da Tchu! Tira fotos das pessoas, mostra os Kiwis! Eu tb quero vê-los.
    bjs

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.