segunda-feira, 26 de abril de 2010

Vovó aventureira



São os balões, os “paragliding”, os “bungy”, as escaladas, e um sem número de atividades radicais. É o país da aventura.
E a vovó acabou participando de uma. Mais leve, é verdade, mas com um sabor de aventura.
Completamente equipada, até com bastões para facilitar o trabalho dos joelhos (devidamente providenciados por seu filho), a vovó se pôs a caminho para chegar até o início do glaciar Franz Joseph.
Essa é uma das formas para fazer o passeio, que exige uma caminhada de pequena dificuldade, incialmente pelo meio do verde. Depois, por uma trilha de pedras, já com a visão do glaciar.



Mas, para se sentir melhor a grandeza do glaciar, só caminhando por ele, colocando mesmo os pés no gelo e com acompanhamento de um guia. Ou, então, por meio de um vôo de helicóptero. A caminhada pelo gelo não me motivou, mas cheguei a ter vontade de fazer o vôo. Acabou ficando só na vontade, e na caminhada pelas trilhas até a boca do glaciar.
Depois do glaciar a emoção do “bungy jump”, de uma altura de 43 metros, com o salto dado de uma ponte antiga. Lugar lindo e com muita estrutura.


Mas a emoção do salto, que senti, foi só do fato de estar tão longe, num lugar tão lindo e vendo duas jovens corajosas saltando para o “azul”.



O curioso é que o salto, que custa em torno de 40 dólares neo-zelandeses, é gratuito para os “seniors”. Pode uma coisa dessas? Será que algum “senior” se apresenta?
E foi assim que nós, o Berto e eu, legítimos “seniors” brasileiros, perdemos o único programa que, até agora, poderíamos ter feito de graça.

17 comentários:

  1. Heloísa, eu também não teria coragem de saltar!
    Continuação de boa viagem :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Lindo lugar, mas eu também perderia essa chance, com cereteza.Justamente para os seniors? Eles sabem que sãopoucos que saltarão,né? beijos,lindo dia,,chica

    ResponderExcluir
  3. Eu não pularia nem que me pagassem o dobro do que custa o salto! Heheheh!

    Mas achei lindo o passeio e as fotos!

    Beijão e continua aproveitando esta viagem tão linda!

    ResponderExcluir
  4. De certeza que eu também não saltava, pois tenho muito medo de alturas lol.
    Continuação de boa viagem beijinho

    ResponderExcluir
  5. Helô, querida,

    Eu já estava segurando o folêgo, quando vi que você não foi 'doida' de saltar, rsrsrs!
    Essa emoção eu também não quero nem de graça, rsrs. Mas o lugar é indescritível!

    Beijinho e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Helô

    Tudo muito lindo. Eu nunca teria coragem de pular, apesar de gostar de fazer umas coisinhas bem radicais.
    Cada passeio é uma surpresa com paisagens e lugares incríveis.
    Sigam com Deus.

    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  7. QUO VADIS, que na minha traduçao significa, COVARDES!!!! hahahahahaa

    Voces deveriam ter pego o helicoptero e deveriam ter saltando de bungy e deixado uns 5 ossinhos la em baixo com a osteoporose!!!!

    Amei as fotos, mas.. mas... o tio nao foi de canelinhas de fora??? Tava esperando ver ele de bermudao!!

    GAMEI.. conte mais!!!!

    ResponderExcluir
  8. Eu não iria nem que fosse ganhando uns trocados para saltar, é preciso muita coragem!

    ResponderExcluir
  9. Meldeus, Helô!
    Quando vi do que se tratava o que vc estava falando, pensei que tinham arriscado pular lá de tão alto, mas ainda bem conservam a sanidade. hehe

    Lindas as imagens e sua viagem!
    Vai ficar inesquecível essa, heim!

    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  10. Vovó aventureira...vovó corajosa e valente!!
    Lindo passeio Helô.
    Ainda bem que não saltaram...só me faltava essa!
    Beijos e juízo vocês dois, heim!!

    ResponderExcluir
  11. Que máximo. A caminhada eu fazia mas saltar acho que não :)

    ResponderExcluir
  12. Que linda viagem, Heloisa! Mais bonita ainda por estar acompanhada do seu amor.

    Adorei as focas e o rabo da baleia. Tenho muita curiosidade pela Tasmânia e já conhecia o Diabo da Tasmânia antes do Looney Tunes criar o personagem Taz.

    Essa semana devo voltar a escrever no blog, se Deus quiser. E vou continuar olhando as fotos. Beijos! Obrigada!

    ResponderExcluir
  13. Que fotos lindas Helô! E que susto, achei que você tinha pulado! rsrsrsrs
    beijos,
    Dani

    ResponderExcluir
  14. Foi dai desse bungy que eu me joguei tbem. Morava ai perto. Nossa qtas saudades. \Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Êta vovó porreta!
    Certamente eu até pagaria para fujir desse salto...rs

    Lindo passeio.
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Heloísa,
    estou impressionadíssima com vc!
    Transformou-se numa "jornalista de viagem de mão cheia"!
    Nunca pensei em ir a Nova Zelândia, e vc mudou meu pensamento, quero muito ir depois de seus relatos!
    No começo do post, gelei, pq achei q vc tinha saltado! Qta emoção!
    Todo dia entro no seu blog p/ te acompanhar nessas férias deliciosas!
    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  17. EU NAO CONHeco NADA DA OCEANIA...CONheCO TODA AS AMERICAS E EUROPA, ALEM DE 47 PAISES AFRICANOS(estou partindo dia 28d e setmebro para mais semanas pela Africa, por causa das criancas refugiadas em Mozambique).
    Eu sou fotografa de natureza, tbm, e gosto de paisagens...Ainda nao botei an cabeca de ir a NZealand...O marido, sim, é louco para ir...
    Mas, se eu colocar na cabeca, eu irei...
    Bjs e dias felzies


    adoreia s fotos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.