domingo, 11 de abril de 2010

Cruzando a "Linha de Data"


Foram 28 horas, de São Paulo até Wellington, aí computadas as horas de aeroporto. Com a viagem entre Santos e São Paulo, que fizemos na véspera do embarque, tivemos quase 30 horas de trânsito para encontrar com meu filho, e o Novíssimo Mundo.
Em Auckland, onde desembarcamos na Nova Zelândia, fui surpreendida por um portal maravilhoso, dentro do aeroporto. Todo de madeira entalhada, e com sons dos pássaros locais. Foi a primeira visão do mundo diferente, que eu logo iria conhecer.



Chegamos às 4 horas da manhã, e lá estava o Gustavo nos esperando, para um encontro esperado há mais de um ano. Seguimos do aeroporto internacional para o doméstico, e aguardamos a última etapa dos vôos.
E daí, o primeiro contato com a vida que ele tem “do outro lado do mundo” : sua casa, preparada carinhosamente para nos receber.
Na frente, uma paisagem maravilhosa: o mar bem azul, ilhotas de pedras (talvez vulcânicas) e, bem ao fundo, montanhas da ilha Sul (vistas só em determinadas horas).




Dentro, o aconchego do lar montado por ele. E para nos esperar, detalhes cheios de afeto. Sobre nossa cama, sapatos forrados de lã de ovelha, para serem usados dentro de casa, como é costume na Nova Zelândia (colocados encima de toalhas de banho de fio egípcio). Na geladeira, os itens que a “mamãe “ gosta.
Poder ver tudo isso, me deixou muito feliz.



Canto com quadrinho pintado pela Isadora.

Escritório preparado para minhas blogagens.


Depois dessa recepção carinhosa, teve início a adaptação ao fuso horário, e ao frio.
Quando eu era criança, lembro que o Japão era apresentado como o lugar que ficava mais distante do Brasil. Os mais velhos diziam que, quando no Brasil era noite, no Japão era dia.
Mas a Nova Zelândia ganha, em distância, de qualquer outro lugar. É um dos paises mais próximos da “Linha da Data”, e tem uma diferença de 15 horas em relação ao Brasil. Por conta disso, saímos de São Paulo no dia 6 de abril, e chegamos por aqui no dia 8 de abril.

Pulamos um dia, que só nos será devolvido quando voltarmos para casa.
Curioso, não?



No fim do dia esse por-do-sol maravilhoso, visto da janela.



Por fim, essas lindas flores trazidas por um casal amigo do Gustavo, convidado para o jantar preparado por ele.



(O blogger esteve caprichoso como nunca. Quase tive que desistir da postagem).

24 comentários:

  1. Maravilha tudo isso.Belas imagens, carinhos de filhos,muito amor! Aproveitem bem por aí! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Helô!

    Tudo tão lindo, com um amor tão perceptível, que a distância fica menor.

    Adoro viajar, adoro o mar, adoro costumes diferentes. Nova Zelândia está na minha wish list, um dia vou conhecer...

    Ótima estadia! Beijos pra vc e filhão!

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Parabéns pela bela viagem e pela calorosa acolhida do filho.
    Deus abençoe a vcs todos aí no Novíssimo mundo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Quantas novidades, Helô!
    Que beleza de lugar e de acolhida!
    Eu aqui com 5 horas de fuso, já acho um exagero, imagino vc com 15!
    Aproveite muito, e fiquem com Deus!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  5. Heloísa, cada postagem sua é um encanto, sua família é deliciosa, sua educação foi primorosa (olha eu fazendo até rima!).
    Muito louco essa coisa do fuso horário, não dá pra entender (entendo, sim, mas "não compreendo", sabe como?).
    Um beijo também pra esse filho tão dedicado, atencioso e amoroso.
    As fotos são lindas, tanto do dia quanto da noite. Vai ser muito bom conhecer tudo através dos seus olhos.Bj

    ResponderExcluir
  6. Helô, tudo muito lindo, o carinho do filho, a vista da janela, as flores na vaso...
    É um afago na alma.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi, querida Helô!
    Nossa, como é longe este lindo lugar!
    Mas, valeu, né! Chegar aí e ser recebida já no aeroporto com esta beleza de pórtico dando as boas vindas e a casa aconchegante e cheia de carinho que o filho preparou para recebê-los, parabéns a ele!
    Agora, tô com medo de uma coisa - tudo tão bonito e gostoso que corremos o risco que fiquem por aí e não retornem tão cedo. hehe
    Maravilha! Aproveitem esta beleza de lugar para ficar guardado nas melhores lembranças de suas vidas.
    beijos cariocas saudosos

    ResponderExcluir
  8. Heloísa, ainda bem que não desistiu da postagem...
    Que lindo, todo esse cuidado nos detalhes para receber a mamãe :), que bom!
    A única nota que me arrepiou foram as IMENSAS horas de voo, mas todo o carinho da recepção apagou o seu cansaço, certamente.

    beijinhos, divirtam-se.

    ResponderExcluir
  9. Oi Helô, que bom saber que foi bem de viagem e já pode abraçar o seu amado Gustavo.
    Que imagens lindas vc postou, amei!
    Aproveite bem e até o próximo post.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Que lindo lugar, Helô! Cheio de encantamentos ...
    E que capricho do filhão para te receber! Dá sentir o amor e as saudades no ar. Aproveitem muito!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Encantador!

    Acolhida de filho é um presente sem preço, soma o amor de quem chega e o amor de quem recebe, aí fica mesmo aquele clima de amorosidades lindo!
    Um beijo e desejo que a sua estada por aí seja repleta dessas alegrias.

    ResponderExcluir
  12. Heloísa, que loucura perder um dia na viagem!! Mas valeu a pena, claro! Que linda a vista da casa do seu filho, é tudo encantador por aí.
    Continuação de boa viagem
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Helô,
    que recepção carinhosa!
    Que encontro esperado!
    Que filhote especial!
    Beijos para todos vocês.

    ResponderExcluir
  14. Heloísa não esperava ter notícias suas tão rapido, que bom!
    Que carinho gosto vcs. receberão do filhão, lindas fotos....e como agora tem até um cantinho lindo preparado especialmente para vc. blogar espero que venha sempre compartilhar conosco suas aventuras no "Novo Mundo".
    Bjs. e até breve.

    ResponderExcluir
  15. Ai, Helô, você é tão chique! Quero ser igual a você!

    Aproveite muiiiito a viagem! Tire muitas fotos para gente ficar babando aqui!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Tudo tão lindo para uma mãe tão linda! Amor só recebemos quando sabemos dar. Seus filhos foram criados com tanto amor e carinho, que são capazes de atitudes tão delicadas e tão carinhosas. Parabéns!
    Que lugar lindo! Que bom que vc estã revendo seu filho!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Helô,

    Que viagem fantástica! Eu já sabia alguma coisa da Nova Zelândia porque uma amiga nossa morou um tempo aí. O carinho do filho é algo maravilhoso!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  18. Antes de mais nada, parabens para o Gustavo que recebeu Mamae e Papi postiço super bem. Amei o detalhe dos sapatinhos de dentro de casa e das toalhas. que mimo, hein!!! fala, voce chorou???

    A vista da casa dele é linnddaa!!!! To amando tudo. Pelo AMOORRRRR DE DEEUUSSSS, nao deixe de tirar muitas fotos e contar TUDO.

    Amei o portal de madeira... afe!! que sonho, tia!!!

    ResponderExcluir
  19. Helô,

    que maravilha de postagem, que viagem fantástica vocês estão fazendo e ainda por cima com o filho ao lado.

    E parece que a NZ é uma lugar lindíssimo de gente simpática e, de certa forma, meio parecido com a Noruega. Aqui, ao invés das ovelhas, o bicho amado e cultivado com afinco é o porco. Deve ter uns 20 porcos para cada um dos 4.5 milhões de noruegueses...

    Beijos querida,

    Cláudia

    ResponderExcluir
  20. Adivinha do que eu mais gostei? Do cantinho com o quadro que a Isadora fez especialmente para o tio Gus! O ambiente ficou o máximo! Tb adorei os chinelos de lã de carneiro? De ovelha? Esqueci... Mas acho que eu tb quero! A toalha gostosa, tudo muito bom.
    E o que tinha na geladeira que vc gosta? O que está achando da comida daí? Quando der conta um pouquinho.
    bjs,
    Pri

    ResponderExcluir
  21. Querida!! Que viagem ótima!!

    Perdi umas postagens sua mas agora vou ler tudinho e viajar junto com vocês,rsrs.

    Conte tudo nos mínimos detalhes e nos deixe bem feliz,hehehe.

    Grande beijo para você.

    ResponderExcluir
  22. Olá Helô, em junho minha queridissima mãe vem me visitar e já estou fazendo como seu filho preparando a casa e tudo pra receber ela de uma forma que ela jamais esqueça sua visita a Holanda ... um dia ainda visito a Nova Zelândia, é um país muito bonito bjuss

    ResponderExcluir
  23. Que delicadeza de hospitalidade!
    Quanto orgulho heim!
    parabéns viu

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.