quarta-feira, 21 de julho de 2010

Posso dormir?


Estou abismada. Descobri que não sei dormir.

Quer dizer, descobri que não durmo em posição adequada.

Diante disso, bem entrada na 3ª idade, realmente fiquei abismada quando ouvi de uma fisioterapeuta que preciso, nessa altura da vida, mudar minha forma de dormir.

É evidente que durante todo esse tempo dormi todas as noites, algumas bem, outras nem tanto. Mas ter que mudar minha posição de dormir me deixou preocupada. Até passei a observar, no âmbito familiar, como os outros dormem.

De costas? De bruços? De lado?

Durmo de lado, tanto do esquerdo como do direito. Quando estou virada para a esquerda, minha perna direita fica bem à frente da outra, provocando uma rotação grande da bacia. Quando viro para a direita, fico meio de lado, meio de bruços.

Tudo errado.

Devo dormir de lado, com as pernas flexionadas, uma sobre a outra, e com um travesseiro fino colocado na altura dos joelhos. Só assim minha coluna ficará em posição correta.

E eu, que não tinha qualquer preocupação relativa à forma de dormir, mas somente para conseguir dormir, passei a ficar ligeiramente tensa para pegar no sono.

Estou deitada corretamente? O travesseiro está de bom tamanho?

É como se, de repente, eu tivesse que passar a prestar atenção na minha forma de respirar. Aquilo que fazia naturalmente, passou a demandar atenção.

E surgiram muitas dúvidas. Será que conseguirei aprender a dormir de outra forma? Será que não é melhor continuar dormindo do jeito de sempre? Mas e se minha coluna começar a complicar? Será que devo tentar mudar?

Depois de algumas tentativas fracassadas, percebi que para mudar hábito tão arraigado não poderia ter pressa.

E não é que na última noite consegui dormir um bom tempinho de lado, pernas dobradas, uma sobre a outra, e um travesseiro entre os joelhos?

Será que finalmente estou conseguindo aprender a dormir?

(Procurando uma foto para ilustração, encontrei essa da Isadora com 3 meses e meio. Toda arrumadinha para o aniversário da mamãe Pri, ela adormeceu.)

15 comentários:

  1. Oi, Helô

    Essa foto é muito fofa.

    Sabe, Helô, depois do meu 'probleminha se saúde', já se foram 8 anos, recebi a indicação do ortopedista para dormir assim como vc descreve.
    Só que com mais um travesseiro que abraço. Estou tão adaptada que quando viajo, são 3 travesseiros que carrego, pois foi aos poucos que eles foram se ajeitando a mim. rsrs
    Agora, o travesseiro principal, ou seja, o da cabeça, é aquele da Nasa, por causa da minha alergia.
    Muito bom.
    Quem não achou muita graça foi o marido, com tanta companhia na cama. Ainda bem que ela é grande. rsrs

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  2. Que fofa! Eu durmo de lado, com as duas pernas flexionadas, mas mudo muitas vezes de posição durante a noite :)

    ResponderExcluir
  3. Olá Helô,
    Isso é terrível. Durmo de bruços e não é nada bom.
    Quando estava grávida queria, desejava um colchão com uma abertura para poder encaixar a barriga. rsrs
    É difícil mudar depois de anos, não é mesmo?
    Fique bem
    Bjs mil

    ResponderExcluir
  4. Heloísa, também não durmo na posição correta e acho que poucas pessoas o fazem, tendo consciência ou não.
    Dormir de bruços é a pior posição, pelo que eu sei.
    E aos poucos você vai conseguir, sim, achar o ponto certo e se ajeitar. Convém ficarmos atentas pois estou acompanhando minha mãe para fazer uma fisioterapia, e a postura dela é toda errada, os jeolhos "enferrujaram" (palavras do médico) e quanto mais cedo olharmos, melhor pra nós.
    Que nada de 3a idade!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. nem me fale em dormir na posição adequada, de tudo o q leio não durmo da melhor forma. o máximo q fiz foi melhorar o estilo de dormir mas mudar fica difícil. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  6. Que gracinha a Isadora dormindo... linda mesmo.

    Eu tb tenho o costume de dormir todo torto. Durmo errado, sei disso. Acordo com dor nas costas...
    Até tento dormir da maneira correta. Mas... é só pegar no sono e sei lá como acabo dormindo.

    Mas vc está certa, temos que nos acostumar de pouquinho.

    Bjos, mto obrigado pelo link deste seu blog. Gostei tb e vou seguir.

    bom dia

    ResponderExcluir
  7. Helô, eu já falei isso pra minha mãe e até dou exemplo quando ela está aqui em casa, mostro o meu outro travesseiro mais fino que gosto de colocar entre as pernas e dormir de lado, mas mamãe tem dificuldades para mudar sua rotina, até entendo, mas devemos nos forçar, pois isso ajuda também ao cérebro a funcionar melhor.
    beijos grandes cariocas

    ResponderExcluir
  8. Helô,

    Amei a foto da ilustração! Linda, linda!

    Sempre há tempo para mudar. Mesmo que sejam hábitos que nos acompanham por toda vida. Quando você menos esperar estará dormindo da forma desejada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Heloisa
    Sou do tipo que é bater na cama e dormir, mas...de bruços. Foi um Deus nos acuda para eu me acostumar
    a posição correta,pensei que jamais
    conseguiria, mas vc acaba
    acostumando. Que bebê lindo, que gracinha. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ai Helô, mudanças,né? requer tempo para adaptação...

    Boa dica essa tua, porque eu como tu também tenho o hábito de dormir exatamente como você descreveu...

    Vou tentar!

    bjão e bom finde!

    ResponderExcluir
  11. eu durmo com uma almofada nos joelhos outra no pé e outra pra agarrar. Quando me viro, levo tudo comigo e o marido reclama. heheheheh
    Mas é assim que consigo dormir.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Helô, que fofura essa foto da Isadora dormindo! Me traz tanta recerdação das minhas...

    Olha, pelo que vc falou, eu aprendi a dormir direito na gravidez. Foi quando comecei a dormir com um segundo tavesseiro, entre as pernas. No Natal do ano passado, além do meu presente oficial, Mário me deu uma almofada bem grande, chama-se travesseiro de corpo. Dá pra colcoar uma capa bonita e deixá-la permanentemente enfeitando a cama, na frente dos travesseiros e atráz das almofadas pequenas.
    Meu sono melhorou muito. Não sei viver mais sem minha companheira de cama...

    Um beijo enorme e bons sonhos.

    ResponderExcluir
  13. Bem, essa história do travesseiro entre os joelhos eu faço de forma intuitiva. Mas se vc dormiu assim até hoje e não tem nenhum grave problema de coluna, acho que tudo bem, né?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Helo, sao tantas coisas que devemos nos preocupar no dia a dia, estava com dores na coluna, comecei a fazer Yoga, melhorou, mas nao sumiu 100%, entao fui a médica e descobri que o problema estava no pé, agora mesmo com a palmilha ainda sinto dores nas costas. bjuss

    ResponderExcluir
  15. Heloísa,

    Sabe que eu durmo errado também e ando com umas dores nas costas terríveis... Preciso mudar de posição também mas é tão difícil. Eu durmo de barriga para cima, que nem morta, com as mãos no abdomen e tudo, mas ando com muitas dores, passei a tentar dormir de lado e nada melhora. Estou precisando voltar no quiroprata!

    Bj,

    C.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.