sexta-feira, 4 de julho de 2008

Parecida com a mãe?

Em texto que postei em 11 de junho de 2008, fiz um paralelo entre os pais de outrora e os pais de hoje.
Enquanto os pais de hoje (principalmente as mães) falam a todo momento para seus filhos que eles são lindos, os pais de antes eram contidos ao expressar seus sentimentos, e muito econômicos nos elogios.
Não sei se, quando eu era nenê, meus pais falavam que eu era linda. Porém, na minha memória de infância e de juventude não existe qualquer registro a esse respeito.
Por isso estou achando muito interessante minha mãe estar falando, nesses últimos tempos, que eu sou (ou estou?) linda.
Ela está com 94 anos e 5 meses de idade, numa fase de grande dificuldade de expressão. Na maioria das vezes, percebemos que ela está querendo dizer algo, mas não encontra as palavras. Não é que hoje ela olhou para mim e disse: “você está ..... você está bacana”. Mas percebi que não era isso que ela queria dizer.
Logo em seguida ficou em pé, bem na minha frente, e falou: “você está linda”.
Eu, então, lhe disse : “Sabe por que? É que estou ficando parecida com a senhora. Pelo menos é isso que muitas pessoas estão achando e me dizendo”.
Quer coisa melhor do que parecer com a mãe?



7 comentários:

  1. Mas que lindas mesmo!!! E bem parecidas sim!

    Bjos...

    ResponderExcluir
  2. Vcs são umas GRAÇAS que familia linda e que amor no olhar da bisavó mais linda do mundo !!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito parecidas!
    E acho que a Priscila bem parecida com a senhora!
    Superlindas!

    ResponderExcluir
  4. As fotos estão realmente incríveis. E curiosas pela semelhança na expressão. Sim, é muito bom parecer com as nossas mães, especialmente quando elas são um exemplo de vida, como a dona Norma, e você! beijo, Pri

    ResponderExcluir
  5. Michele, Camilla e Marlla,
    Obrigada pelos comentários. Há uns anos atrás, acho que eu tinha o "ar", ou jeito da minha mãe, e adorava quando me diziam isso. Mas agora, acho que adquiri alguma coisa além do jeito. Pelo menos é o que me dizem.

    Pri,
    Escolhi as fotos ao acaso, e fiquei surpreendida com as expressões semelhantes.Quanto ao exemplo de vida, vem acontecendo em linha direta. Minha avó Olga, minha mãe, Norma, e eu (nas suas palavras). Agora, quem entra na escala, é você, que com certeza é e será cada vez mais um exemplo para nossa (?) lindinha.

    Beijos para todas.

    ResponderExcluir
  6. AI tia, que lindo!!!! pronto, ja me emocionei!!

    ResponderExcluir
  7. Tia,

    Parabéns pelo seu blog, tá lindo. Acho que vou ter umas aulas com você, hehe, eu não sou da geração do computador, ms parece que você a alcançou, :-)

    Você não imagina o prazer que me de de ver a foto da Bisa Olga, ela era tão linda... as lembranças fazem parte da nossa riqueza.

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.