terça-feira, 22 de julho de 2008

Programa de domingo


Há muitos anos que eu não participava de programas culturais de crianças.
Acho que os últimos foram os da Sessão Coca-Cola, com desenhos infantis exibidos no cine Roxy, em Santos. Era o programa das manhãs de domingo, quando meus filhos eram pequenos. No verão, normalmente, passávamos o dia no Clube de Pesca, na adorável Ilha das Palmas. Quando o dia não estava bom, ou era inverno, a preferência era para a Sessão Coca-Cola. Pagava-se a entrada. A pipoca e a coca-cola eram gratuitas. As crianças adoravam.
Quando meus filhos já estavam mais crescidinhos, eu os deixava no cinema e ia buscá-los no final da sessão. Até que um dia, meus filhos cresceram de vez e a sessão coca-cola acabou.
De repente, me vejo com uma netinha que adora os filmes dos Backyardigans, e eis que eles vêm para São Paulo para uma apresentação ao vivo. Combinei com minha filha, providenciamos os ingressos, e lá fomos nós para assisti-los. E foi assim que eu reiniciei meus programas culturais infantis. Adorei ter podido acompanhá-la, e até derramei algumas lágrimas logo no início da apresentação. Foi a emoção de vê-la em nova situação, e no meio de tantas criancinhas. Não preciso dizer que sou ultra-emotiva, daquelas que choram em casamentos, batizados, e até já cheguei a chorar com o final de uma peça teatral classificada como comédia.
Quanto aos “Backys”, como a Isadora os chama, achei um programa muito bom. Bem produzido, alegre, cenários interessantes e personagens divertidos, que cantam, dançam e encantam a criançadinha. Foi ótimo ter participado da 1ª ida da Isadora a um teatro, e espero poder repetir esse tipo de programa muitas e muitas vezes.




9 comentários:

  1. E ela estava uma mocinha linda sentadinha ao seu lado, vovó!!!

    É realmente emocionante essa estréia na vida de nossos pequenos, tb confesso que chorei qdo levei a Laís para assistir a Xuxa num mega show aqui no Rio... Foi lindo e ela estava extasiada, assim como eu...

    Bjos e bjossssssssss

    ResponderExcluir
  2. Vovó Helô, eu acho o máximo essa visão que só as vovós tem da vida. Um dia também serei vovó né? Parabéns vovó. Você é maravilhosa, participativa, antenada. Minha princesa também tem o privilégio de ter vovós maravilhosas, que estão sempre conosco; e sei o quanto isso é importante para as nossas pequenas. O bom da vida é saber que somos amados. Adorei o vídeo. Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Foi um presente para nós dividir a primeira ida ao teatro com vc, repetindo a minha estréia nas artes! bjs, pri

    ResponderExcluir
  4. AMO o seu blog, e o da sua filha!
    Acompanho desde o início, embora ainda não tivesse comentado.
    Sinto falta de ter minha mãe e minha família aqui perto de mim, ajudando na criação da minha filha...Moramos a quase 1.000 Km de distância...

    ResponderExcluir
  5. Vovó Helô, estou postando esta mensagem para lhe parabenizar pelo dia da vovó. Amanhã é o dia da vovó, e você é um dos mais belos exemplos do que é ser vovó: uma amiga leal e companheira, que está presente em todos os momentos, acompanhando cada evolução da pequena Dodora. Parabéns e sejam muito felizes sempre. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. A pergunta é: A pipoca e a coca-cola ainda são de graça????
    --------------------------
    Tia, sei exatamente essa questao de ser emotiva. Sou assim tambem e é dificil segurar a emoçao. Na apresentacao de flauda do meu filho na escola, quandoele tinha uns 7 anos, eu chorei... hahaha

    ResponderExcluir
  7. Tchu,
    Essa é a grande diferença. Aquele tempo de pipoca e coca-cola de graça ficou bem longe. Agora, não só é de graça como, embora ilegal, alguns tentam fazer venda casada. Nos "backys" isso aconteceu. Pipoca ultra-cara, acompanhada de refrigerante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. "Corrigindo meu comentário :
    Agora não só não é de graça como, embora ilegal,alguns tentam fazer venda casada".

    ResponderExcluir
  9. Programa de domingo...
    Hoje por exemplo, havíamos programado um passeio à Bichomania, próximo à Cotia. Mas, a chuva nos impediu!
    Graças à sua sabedoria, acredita que não fiquei tão frustrada? Lembrei qdo comentou da nossa ansiedade , em querer sempre encontrar lazer fora de casa. Parece até obrigação. Estamos brincando juntos aqui na sala, e o Matheus está super feliz. Simples!!!
    Bjos.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.