terça-feira, 11 de novembro de 2008

Amigo fiel

Ela adora um cachorrinho (nem precisa ser pequeno). É verdade que eles são cães da família, o que lhe dá segurança para aproximar-se.
Mas quando vê algum na rua, também quer “conversar”. Com certeza, vai querer ter um cãozinho, assim que crescer um pouco mais.


Quase todos concordam: o cão é um amigo fiel. Importante para as crianças, importante para os idosos.
Com os cachorros, as crianças ganham em relacionamento social e desevolvem sua afetividade. Crianças com problemas de saúde, e com distúrbios de comportamento, também se beneficiam muito da sua convivência com cães. Várias são as experiências nessa área, como na Escola Parque na Asa Norte em Brasília (http://neliaf.multiply.com/journal/item/1141), e no GRAAACC, em São Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/folha/bichos/ult10006u450014.shtml)
E os cães-guias, verdadeiros olhos daqueles que deles dependem ? Conheço um lindo, o Bóris, companheiro inseparável de uma amiga.
E os cães companheiros de idosos?
Sempre vejo, nos jardins da praia, várias pessoas idosas passeando com seus cãezinhos. Acho que elas é que estão sendo levadas pelos cães, e não o contrário. Se não fossem eles, provavelmente essas pessoas não teriam um estímulo para sair de casa, e dar uma caminhada. O interessante é que acabam se conhecendo, param para conversar (será que sobre seus cães?), umas com as outras, enquanto seus animais também se comunicam. Com certeza, muita solidão deve ter diminuído, graças a esses amigos fiéis.

6 comentários:

  1. Oi!

    Ai, que saudades tenho dos cães que passaram pela minha vida! E também dos gatos, peixes...
    Minha menina ainda não teve este prazer... Moramos em apartamento e viajamos muito.
    Mas quando está na casa da vovó, ela aproveita!

    (que "caozinho" é este que a Isadora está acariciando? Parece um pônei perto dela, hahahaha! Fofa!)

    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi vovó, minha Nathalia adora, gato, peixe, passarinho, tartaruga, tudo que é bicho, mas o que ela mais ama é cachorro, ela tem adoração, tenho que cuidar porque ela quer pegar todos, até na rua, e o pior quer beijar, abraçar, pode ser o mais sarnento do cães que mesmo assim ela quer abraçar. Queria comprar um pra ela, mas acho que ela ainda é pequena, ela quer ficar com eles no colo, daeh não dá né.
    Que fofa a Isa acariando akele cachorrão, na minha sogra tem uma rotwailer (nem sei se escreve assim, rs), e a Nathalia adora ela, e ela também adora a Nathalia, é a única criança que ela gosta, meus sobrinhos não podem nem chegar perto dela que ela avança, mas a Nathalia ela deixa passar a mão e até deita no chão para ser acariciada, tirei foto também, é um sarro. Bjs e até!

    ResponderExcluir
  3. Oi, que lindo seu novo post. Ver o quando a Isadora gosta de cachorro e que ela não tem medo, mesmo que seja grandão, é muito legal! Acho que temos realmente que ensinar aos nossos pequenos que eles precisam amar e respeitar os animais. Giovana também ama bichinhos, mas ela tem medo quando um cachorro grande se aproxima. Ela logo se esconde nas minhas pernas. Um beijão pra vc, pra Priscila e pra Isadora. Por falar nelas, como estão? Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Queridas comentaristas,
    Esse enorme "cãozinho", que a Isadora está agradando, é um boxer. Só tem tamanho. É bem moleque e manso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu tb fiquei admirada de ver a menina fazendo festas alegremente a um cão desse tamanhão todo, mas já vi que ele é meigo. Eu acho que ia assustar-me um pouco com ele à 1ª vista... qdo eu era criança tinha mto medo de cães, pq uma vez eu fui mordida por um (que não era da família), e durante muitos anos morria de medo deles, mas agora já passou. Adoro cães e gatos, nós temos uma gata, mas a filhota anda pedindo um cãozinho também. Bjs

    ResponderExcluir
  6. Heloísa, vi as fotos da Isodora com a cão boxer e fiquei com muitas saudades do meu Fadul, que morreu há 15 dias. Você o conheceu lá em Itanhaém, era um boxer, muito manso, realmente os cães são verdadeiros companheiros da gente e quando você diz que os cães nos levam para passear eu lembro as vezes que ele resolvia correr e eu não aguentava, mas era só brincadeira. A isadora é que está certa, não importa o tamanho do cão, mas, sim o carinho..
    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.