segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Cinema em casa


Como estou planejando uma viagem para uma região onde se fala francês, achei que seria bom começar a acostumar meu ouvido à língua francesa, para não estranhar muito quando mergulhar no seu universo.

E como adoro cinema, conclui que essa seria uma boa oportunidade para assistir filmes franceses. Gosto de cinema nas salas próprias mas, no caso, seria impossível conseguir filmes franceses em quantidade, no circuito comercial. Apelei, então, para o aluguel de DVDs, e consegui filmes tão bons que passei a achar que o programa de cinema também pode ser bom em casa. Desde que sem interrupções.

O primeiro que assisti foi Meu melhor Amigo, sobre o qual falei aqui.

Quando fui devolvê-lo, não resisti e loquei mais 4, para aproveitar o fim de semana: "A Glória do Meu Pai", "O Castelo da Minha Mãe", "Pais, Filhos e Etc." e, por último, "Molière".


A Glória do Meu Pai e O Castelo da Minha Mãe, são filmes do ano de 1990, dirigidos por Yves Robert e baseados nas memórias do escritor Marcel Pagnol. São filmes encantadores, que celebram a infância, a amizade e as relações familiares. Devem ser vistos nessa ordem e o primeiro, como o nome sugere, é mais focado na figura do pai. O segundo, O Castelo da Minha Mãe, tem uma carga maior de ternura e emoção. Recomendo com entusiasmo esses dois filmes.

O outro, que também é um programa e tanto, é o Pai, Filhos e etc., classificado como comédia dramática, sob direção de Michel Boujenah. Um pai idoso e solitário, o ótimo ator Philippe Noiret ( do Cinema Paradiso), quer aproximar seus três filhos adultos, que não se entendem, e convida-os para uma viagem, que seria quase que sua despedida da vida. O filme tem passagens gozadíssimas, e demos muitas risadas. A tradução acrescentou ao nome um inexplicável "etc.", pois o filme trata, basicamente, do relacionamento entre um pai e seus três filhos.

A programação dos filmes tem sido tão boa, que se a viagem não se concretizar seu planejamento serviu, pelo menos, para me divertir bastante.


Poltrona daqui.

18 comentários:

  1. Helô, que delícia de poltrona!!! Adorei a dica dos filmes, gosto muito de ver em casa, ultimamente é meio díficil pois o pequeno monopoliza o tempo...
    Não conheço direito o cinema francês, é uma boa oportunidade!
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Que boas pedidas você está mostrando, Heloísa.
    Só não vi este primeiro "A Glória do Meu Pai", ou se vi não estou me recordando a estória, mas o Castelo de minha mãe é bem gostosinho de assistir e esse Pais, Filhos e etc também.
    Gosto desses temas que envolvem laços familiares e que contém histórias que se assemelham com nossas vidas.
    Pode ir treinando bastante seu francês para fazer bonito lá fora.
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
  3. Ah, e já ia esquecendo de elogiar esta linda poltrona roxa que aliás me deu uma idéia de cor bem extravagante para duas que tenho parecidas com esta, bem de época e que está lá na serra.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  4. Eu também gosto de ver cinema em casa e um bom filminho francês sabe tão bem!
    Não vi nenhum desses, mas parecem ótimas sugestões.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Heloísa, espero que sua viagem seja tudo de bom.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. O ano passado fomos em Paris. Mamae quando adolescente tinha aulka de frances. Mas frequentou algumas aulas particulares.
    E se saiu muito bem na viagem.
    Eu não precisei nem de pedir água. Porque ela saiu muito bem.

    Estes filmes quero ver.Se o meu tempo permitir, porque estamos saindo muito.

    ResponderExcluir
  7. Helô
    Adorei seu post :)
    eu também amo a lingua francesa, e tudo que vem da França! Sou uma cinéfila no que diz respeito aos filmes franceses, o "Destino de Amelie Poulan" é o meu preferido!!
    você já assistiu?
    De qualquer forma, achei ótima a sua idéia ! beijos

    ResponderExcluir
  8. Helo
    Suas sugestões de filme estão para lá de requintadas, aliás, o finesse francês. Não tenho muito hábito de assistir a filmes europeus, não que não goste mas ultimamente nem TV tenho tido tempo de ver.
    Que gostoso se preparando para ir viajar...É bom demais isso.
    Para onde estas indo? olha q curiosa!!!
    bjks

    ResponderExcluir
  9. C'est si bon, une petite sensation... Mas que linda poltrona, mais parece um trono, hehe! Os filmes parecem bem legais, e a língua é super melodiosa. Vai treinando, amiga...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Viajar é ótimo !! Eu curo tudo ,o antes ( como vc esta fazendo ) ,o durante e o depois .
    esse fim de semana vou locar um desses filmes ..
    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Oi Heloisa, meu petit garçon vai pora França com o pai na semana que vem (por 1 semana). Vou ficar com saudades...

    Bons filmes pra vc!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Todas as dicas foram anotadas e como aqui em casa adoramos fazer nosso próprio cinema,minha próxima visita a locadora será atrás desses filmes,baseando-me em seu bom gosto.

    grata

    carinho
    Denise

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro filmes, ainda mais os franceses. Gosto da cultura francesa. Indico não um filme, pois vejo que está bem servida, então lhe indico uma cantora, talvez a conheça - Françoise Hardy. Ou mesmo um cantor que talvez o conheça - Charles Aznavour. Abraço.

    R.Vinicius

    ResponderExcluir
  14. Heloísa,

    Fiquei com bastante vontade de ver principalmente esses dois 1ºs, baseados na vida de Marcel Pagnol. Na faculdade, tive que ler "Jean de Florette" e "Manon des Sources", obras que simplesmente adorei! Adoro a escrita do Pagnol, é tão real, e amo aquelas histórias passadas no campo, aqueles conflitos por causa da água (as 2 obras estão incluídas em "L'eau des collines", não sei se vc conhece).
    Agora fiquei com vontade de reler!

    bjs

    ResponderExcluir
  15. É verdade, tb achei a poltrona o máximo! Adoro essa cor, não me importava de tê-la em casa para assistir a um bom filme...

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Heloisa,
    Acho a lingua francesa linda demais. Quando fazia o ginasio, tinha uma professora de frances, que nao permitia uma palavra em portugues durante as aulas. Aprendí frances e bem...hoje nao lembro de quase nada. Mas vc sabe... a gente cresce e a vida nos leva pra outros caminhos e aqui to eu hoje, lutando pra falar um ingles perfeito, mas alguma coisa no meus neuronios, nao permite porque o frances chegou la primeiro. hehehehehehehe
    bjs,

    ResponderExcluir
  17. Helô!

    Especialmente neste Dia do Pais, recomendo fortemente o triste e belo filme franco-canadense "As invasões bárbaras" (Les Invasions Barbares).
    Mas talvez vc já tenha visto esse!

    beijo!

    ResponderExcluir
  18. Helô, tenho uma sugestão de filme francês que assistí ontem. É muito bom mesmo. Tem comédia, drama, e uma linda lição no fim. É o primeiro filme françês que assistí, graças a suas indicações desse tipo de cinema. Bom, o filme é "O fabuloso destino de Amélie Poulain". Assista, é muito bom.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário. Depois é só escolher uma identidade. Se você não tiver conta google, clique em nome/URL, logo abaixo. Coloque seu nome e, depois, clique em Publicar. Vou adorar ler o que tem a me dizer.